INTERAÇÃO ENTRE PRÓTESE TOTAL E PREENCHIMENTO FACIAL: UMA ALTERNATIVA ESTÉTICA VIÁVEL PARA PACIENTES DESDENTADOS TOTAIS

  • Paloma Heinen NOGUEIRA
  • Ariany Bregantin de BRITO
  • Luciano Pedrin Carvalho FERREIRA
Palavras-chave: Toxina Botulínica. Estética. Prótese Total.

Resumo

O processo de envelhecimento humano acontece de maneira uniforme, levando ao comprometimento funcional de todos os órgãos do corpo. Clinicamente, a pele perde componentes orgânicos, se torna fina, e isso leva ao aparecimento de rugas de expressão facial. Associado ao envelhecimento, a população brasileira tem uma grande porcentagem de desdentados totais, na qual causará um desequilíbrio a todo o sistema estomatognático. A proposta desse trabalho é de apresentar um caso clínico associado-se a confecção de próteses totais, aplicação de preenchedores faciais e toxina botulínica, a fim de restabelecer e solucionar os problemas dentais e faciais causados pela perda dos dentes e expor detalhadamente os procedimentos laboratoriais. Nem só jovens almejam ter um sorriso bonito e uma face com mínimas rugas de expressões, idosos também precisam se sentir realizados para a confecção das Próteses Totais deve ser obedecido uma sequência de procedimentos como, moldagens, montagem dos modelos no articulador, ajustes do plano de orientação, provas funcionais e acrilização. Para a melhoria dos sulcos de expressão facial e um suporte mais agradável foi necessário a aplicação de materiais preenchedores e toxina botulínica. O caso clinico trouxe uma importante contribuição para o bem-estar físico e psíquico do paciente, as rugas estáticas e dinâmicas da região frontal, olhos, sulcos nasogeniano e do lábio superior foram amenizadas, visto que a paciente ficou muito feliz com os procedimentos realizados.

Referências

ALDROVANDI, C. Dentaduras completas. 2. ed. Rio de Janeiro: Cientifica, 1960.

BANSAL, J.; KEDIGE, S. D.; ANAND, S. Hyaluronic acid: a promising mediator for periodontal regeneration. Indian Journal Of Dental Research, India, n. 21, p.575-578, 2010.

BARBOSA, T. P. M. et al. Anatomia para-protética: importância em prótese total. Revista Odontológica de Araçatuba, Araçatuba, v.25, n.1, p.57-64, jan./jun. 2004.

BRASIL. Ministério da Saúde. SB Brasil 2010: Pesquisa Nacional de Saúde Bucal: resultados principais. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2017.

BERTOLAMI, C.N.; BERG, S.; MESSADI, D.V. Binding and internalization of hyaluronate by human cutaneous fibroblasts. Matrix, v.11, p. 11-21, 1992.

BUNASHI, A. Easy Esthetic Mock-Up. E-journal Of Dentistry. State Of Kuwait, p. 104-106, out. 2011.

FRASER, J. R. E.; LAURENT, T. C.; LAURENT, U. B. G. Hyaluronan: its nature, distribution, functions and turnover. Journal of Internal Medicine, v. 242, n. 1, p. 27-33, 2007.

GOLDSTEIN, R. A estética em odontologia. 2. ed. São Paulo: Santos, 2004.

MAGNE, P.; BELSER, U. Restaurações adesivas de porcelana na dentição anterior: uma abordagem biomimética. São Paulo: Quintessence, 2003.

MALLMANN, F. H. et al. Perfil epidemiológico do uso e necessidade de prótese dentária em indivíduos de 50-70 anos de idade, residentes em três „Distritos Sanitários‟ de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, em 2008. Epidemiologia Serviço de Saúde, Brasília, v. 21, n. 1, p. 79-88, jan/mar. 2012 apud PATEL, F. S. Uso e necessidade de prótese dentária em Florianópolis e no Brasil. Trabalho de conclusão de curso-Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Florianópolis, 2015. Disponível em: . Acesso em: 16 ago. 2017.

MELLO SPOSITO, M. Toxina botulínica tipo A - propriedades farmacológicas e uso clinico, Acta Fisiátrica, Spp. n.1, p1-38, 2004.

NOBLE, P. W.; LIANG, J.; JIANG, D. Hyaluronan as an immune regulator in human diseases. Physiological Reviews, v. 91, n.1, p. 221-264, 2011.

OCCHIPINTI FILHO, C. O uso de preenchedores faciais x combate ao envelhecimento facial. 2010. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Estética Avançada em Medicina de Rejuvenescimento) - Universidade Tuiuti do Paraná – fcbs, Curitiba, 2010. Disponível em: acesso em: 15 de ago. 2017.

PANTANO, M.; FRANÇA, S. Botox e ácido hialurônico começam a ganhar espaço nos consultórios dos cirurgiões-dentistas. APCD Jornal, São Paulo, p. 20-21, Jun. 2011.

PATEL, F. S. Uso e necessidade de prótese dentária em Florianópolis e no Brasil. Trabalho de conclusão de curso-Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Florianópolis, 2015. Disponível em: . Acesso em: 16 ago. 2017.

PRETEL, H. et al. Restauração em estética orofacial: um novo conceito multidisciplinar. Dental Tribune Brazilian Edition, Araraquara, p. 6-7, jan. 2013.
RIVEIRO, I. N. S. O uso da toxina botulínica tipo “A” nas rugas dinâmicas do terço superior da face. Revista da Universidade Ibirapuera - Universidade Ibirapuera, São Paulo, v. 7, p. 31-37, jan-jun. 2014.

SALLES, A. G. et al. Avaliação clínica e da espessura cutânea um ano após preenchimento de ácido hialurônico. Trabalho realizado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, São Paulo, v.26, n.1, p. 66-9, 2011.

SHIBAYAMA, R. et al. Próteses totais imediatas convencionais. Revista Odontológica de Araçatuba, v.27, n.1, p. 67-72, jan./jun. 2006.

TURANO, J. C. Fundamentos de prótese total. 4. ed. São Paulo, SP: Quintessence, 1998.

TURANO, J. C.; TURANO, L. M. Fundamentos de prótese total. São Paulo: Quintessence, 1998.

VOLPATO, C. A. M. et al. Próteses odontológicas: uma visão contemporânea - fundamentos e procedimentos. São Paulo: Santos, 2012.

ZAGUI, R. M. B.; MATAYOSHI, S. M.; CASTELO, F. Efeitos adversos associados à aplicação de toxina botulínica na face: Revisão Sistemática com meta-análise. Arquivo Brasileiro de Oftalmologia, São Paulo, v. 71, n. 6, p. 894-901, 2008.
Publicado
2018-03-21
Como Citar
NOGUEIRA, P. H., Bregantin de BRITO, A., & Pedrin Carvalho FERREIRA, L. (2018). INTERAÇÃO ENTRE PRÓTESE TOTAL E PREENCHIMENTO FACIAL: UMA ALTERNATIVA ESTÉTICA VIÁVEL PARA PACIENTES DESDENTADOS TOTAIS. REVISTA FUNEC CIENTÍFICA - MULTIDISCIPLINAR - ISSN 2318-5287, 6(8), 60-74. https://doi.org/10.24980/rfcm.v6i8.2825
Seção
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE