PROFILAXIA DA PEDICULOSE EM PRÉ ESCOLARES DE UMA CRECHE MUNICIPAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Cacilda Barbosa VENANCIO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Luriely Rosa Batista JAQUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Priscila De Oliveira Borges da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Thaisa Fernanda Queiroz de SOUZA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elena Carla Batista MENDES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Pediculose, Saúde da criança, Higienização

Resumo

INTRODUÇÃO: A pediculose é uma doença comum da infância causada por um parasita
"pediculus humanuscapis", que desenvolve no ser humano em um ciclo de vida. Ao longo dos
séculos, a pediculose continua sendo um problema de saúde pública principalmente nos
aglomerados populacionais, como escola municipal de educação infantil, pela inexistência de
ferramentas sistemáticas instituidas para interromper sua cadeia de infestação. OBJETIVO:
Estimular a prática com pré-escolares de 3 a 5 anos de idade de uma creche municipal do
interior paulista, a realizar a higienização do couro cabeludo como forma profilática da
pediculose. METODOLOGIA: Foi desenvolvida pelos discentes do curso de enfermagem,
durante aulas práticas de saúde da criança, realizadas em uma creche municipal do interior
paulista, a higienização do couro cabeludo, utilizando-se como recurso um pente plástico com
cerdas finas e um normal, um borrifador contendo água e hidratante de cabelos, e toalha de
pano de cor branca. O procedimento foi realizado iniciando pela inspeção, até a limpeza do
couro cabeludo; em seguida, á criança foi orientada quando á importância da higienização
adequada e entregue um kit contendo: um pente fino e um folheto explicativo de shampoo
caseiro (ervas de arruda e alecrim, dissolvidos em shampoo comum), a fim de prevenir e
promover á saúde dos menores e consequentemente protegendo-os da infestação de
pediculose. RESULTADO: Após uma semana de aula prática, com a higienização do couro
cabeludo, observou-se à redução do número de pediculose, já que a execução desta prática
contribui positivamente para o desenvolvimento da criança, em adquirir hábitos de higiene
adequados. CONCLUSÃO: Entretanto, as ações em ambiente de creche, têm por finalidade
reduzir a índice de pediculose nas instituições de ensino, dificultando assim a proliferação da
mesma e concedendo melhor qualidade de vida para os menores, na prevenção e promoção da
saúde infantil.

Publicado
2018-05-24
Como Citar
VENANCIO, C. B., JAQUES, L. R. B., SILVA, P. D. O. B. da, SOUZA, T. F. Q. de, & MENDES, E. C. B. (2018). PROFILAXIA DA PEDICULOSE EM PRÉ ESCOLARES DE UMA CRECHE MUNICIPAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3234