UTILIZAÇÃO DE AGREGADOS DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (RCD) EM BASES E SUBBASES DE PAVIMENTOS RODOVIÁRIOS

  • Paola Layara Marchi TAVARES
  • Claudia Scoton Antônio MARQUES
Palavras-chave: Meio-ambiente, Reciclagem, Pavimentação, Resíduos de Construção

Resumo

INTRODUÇÃO: Proporcionar um destino ambientalmente correto aos resíduos de construção e demolição (RCD) é essencial devido a grande quantidade produzida. Essa preocupação mundial tem impulsionado o estudo de técnicas para a sua reutilização. Entre esses estudos encontra-se os RCD sendo usado como agregado para pavimentação. Além do ganho econômico com o custo de aquisição, tem-se o ganho ambiental com a redução da extração de recursos naturais. OBJETIVO: Assim este trabalho teve como objetivo analisar o comportamento do agregado reciclado em substituição à brita, na mistura solo-brita para base e subbase de pavimentos flexíveis. METODOLOGIA: A faixa de agregado de RCD utilizada foi a A. que são os resíduos de agregados, concreto, argamassa, oriundos de construções, reformas e reparos de construção civil. Para se atingir os objetivos deste trabalho foram feitos ensaios de Limite de Liquidez, Limite de Plasticidade, Granulometria, Compactação, a fim de classificar o solo pelo método HRB e verificar a quantidade de agregado a ser misturado ao solo para que seja atingido o Índice de Suporte Califórnia (CBR) considerado mínimo para subbase ou base de um pavimento. Para isso serão feitas misturas de solo mais brita graduada simples (BGS) e de solo mais RCD, para avaliar a potencialidade e a viabilidade da reutilização dos RCD em substituição a brita. RESULTADO: Assim a utilização de agregados RCD permitirá a redução da exploração de novas matérias-primas, a conservação das fontes naturais de agregados, e ainda reduz a emissão de gases que provocam o efeito estufa. Outro benefício é que o custo de produção dos agregados reciclados pode ser compensado com a economia dos custos em transporte e deposição em aterros sanitários. CONCLUSÃO: Com os resultados obtidos pode-se confirmar que o agregado reciclado é tecnicamente e economicamente viável.

Publicado
2018-05-23
Como Citar
Marchi TAVARES, P. L., & Scoton Antônio MARQUES, C. (2018). UTILIZAÇÃO DE AGREGADOS DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (RCD) EM BASES E SUBBASES DE PAVIMENTOS RODOVIÁRIOS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3229