GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇO DE SAÚDE DE UM HOSPITAL DE MÉDIO PORTE DO INTERIOR PAULISTA

  • Joyce Cristina LEME Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Fernanda Marques dos SANTOS Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elena Carla Batista MENDES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Gerenciamento, Resíduos, Ambiente

Resumo

INTRODUÇÃO: Os Resíduos Serviço de Saúde (RSS) é uma parte importante do resíduo
sólido não pelo volume gerado, mas pelo seu potencial de risco para a saúde e o meio
ambiente. O RSS consiste em resíduos gerados em todas as atividades relacionadas ao
atendimento à saúde humana ou animal, inclusive na assistência domiciliar e de trabalhos de
campo. São considerados perigosos pelo aspecto de contaminação biológica e química, sendo
o risco biológico o mais preocupante por apresentar uma variedade de microrganismos
patogênicos. Um quarto dos resíduos produzidos pelos serviços de saúde é considerado
perigoso, com potencial de risco para os trabalhadores da saúde e para a comunidade.
OBJETIVO: O presente estudo teve como objetivo identificar e analisar o sistema de
gerenciamento dos Resíduos de Serviço de Saúde de um hospital do interior paulista.
METODOLOGIA: Foram analisadas as seguintes etapas do manejo:segregação,
acondicionamento, identificação, transporte interno, armazenamento temporário e segurança
ocupacional. Foram visitados os setores de Pronto Atendimento, Clínica Médica, Clínica
Cirúrgica, Maternidade, Berçário e Centro Cirúrgico e Unidade de Terapia Intensiva.
RESULTADO: Identificou-se que são gerados resíduos dos grupos A, B, D e E, a segregação
é feita corretamente somente resíduos do grupo A e E. A coleta interna e externa não oferece
esforço excessivo ao funcionário, é utilizado equipamento de proteção individual, as unidades
não possuem entrada e saída exclusiva para a coleta. Os resíduos no abrigo não são
acondicionados conforme a legislação. CONCLUSÃO: Os resultados permitem sugerir que o
hospital realiza as etapas do manejo de forma parcial, necessitando assim de reestruturar o
gerenciamento dos Resíduos Serviços de Saúde e realizar educação continuada para os
profissionais da saúde.

Publicado
2018-05-24
Como Citar
LEME, J. C., SANTOS, F. M. dos, & MENDES, E. C. B. (2018). GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇO DE SAÚDE DE UM HOSPITAL DE MÉDIO PORTE DO INTERIOR PAULISTA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3213