ESTUDO COMPARATIVO EM HABITAÇÕES POPULARES COM RELAÇÃO AOS MÉTODOS CONSTRUTIVOS

CONSTRUÇÕES CONVENCIONAIS E EM ALVENARIA ESTRUTURAL

  • Jaine Maria ZERBINATI
  • Jaqueline Maria ZERBINATI
  • Marcelo SANTANA
Palavras-chave: Alvenaria estrutural. Habitações populares.

Resumo

INTRODUÇÃO: O déficit habitacional existente no país faz com que cada vez mais há procura pela sua casa própria. A necessidade física por essas novas moradias aumenta procura de meios economicamente viáveis, com redução do tempo de execução, e com qualidade, para atender maior número de pessoas e serem caminhos alternativos. OBJETIVO: Relacionar o processo construtivo convencional aos que utilizam alvenaria estrutural em habitações populares para a comarca de Santa Fé do Sul - SP, analisando diferentes variáveis relevantes ao produto final destes. METODOLOGIA: Efetuou-se um estudo dos métodos construtivos de alvenaria convencional e alvenaria estrutural cerâmica em habitações populares, onde foram apresentados dados e informações destes, e analisado todos os ganhos estruturais, tempo de execução, mão de obra, viabilidade econômica, de acordo com a SINAPI 07/2017 SP, e os impostos e habite-se baseados nos preços da cidade de Santa Rita d'Oeste - SP. RESULTADO: Ao se comparar os custos do orçamento final dos dois métodos construtivos, chegou-se ao resultado de que o sistema de alvenaria estrutural apresentou a economia de R$: 10.700,41 correspondendo aproximadamente 17,61% quando comparado com a alvenaria convencional. O que é um valor significativo em economia, qualidade e rapidez de execução, que permite a alvenaria estrutural adequar-se para obras populares com maior viabilidade econômica e interesse social. CONCLUSÃO: Através desse estudo comparativo, efetivamente se confirmou que alvenaria estrutural, é o método construtivo ideal em termos de redução de custos, tempo,e ganho estrutural, mesmo que sua mão de obra precise ser qualificada, para um conjunto de habitações populares é uma ótima opção para maior viabilidade econômica. Ainda é pouco usado esse método, porém a tendência é que se aumente a frequência e podendo contribuir para a diminuição do elevado déficit habitacional do Brasil.

Publicado
2018-05-23
Como Citar
ZERBINATI, J., ZERBINATI, J., & SANTANA, M. (2018). ESTUDO COMPARATIVO EM HABITAÇÕES POPULARES COM RELAÇÃO AOS MÉTODOS CONSTRUTIVOS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3198