COMPARATIVO ENTRE MÉTODOS DE VIGA DE CONCRETO ARMADO E VIGA MISTA

  • Bruna Fernanda KIKUTA
  • Laís Camila VILELA
  • Rogério Silva GARCIA
Palavras-chave: Viga. Concreto armado. Deslocamento.

Resumo

INTRODUÇÃO: Vigas são elemento de estrema importância em qualquer edificação, onde se torna responsável pela sustentação dos elementos. Vigas mistas é formado pelos elementos de aço e concreto e de aço simétrico e vigas de concreto utiliza armações feitas em barras de aço, que utilizada devido a baixa resistência dos esforços da tração. OBJETIVO: Calcular vigas de concreto armado e vigas mistas de mesma altura útil e comparar seus deslocamentos, considerando que todas as vigas têm o mesmo carregamento acidental.  METODOLOGIA: Este trabalho utiliza a metodologia focada na comparação, principalmente do desempenho da flexão, das vigas mistas e vigas análogas dimensionada em concreto armado e para sua realização, ainda também será utilizada pesquisa bibliográfica. RESULTADO: A viga de concreto armado mostrou um deslocamento vertical de 4,55x10-7 cm e a viga mista de 4,90x10-4 cm. Se comparada com a viga de concreto a viga mista se mostrou mais flexível, porém, esse deslocamento se mostrou muito pequeno atendendo os quesitos de segurança. CONCLUSÃO: O concreto armado se mostrou mais rígido, porém, a viga mista se mostrou uma solução viável pelo uso mais adequado de seus materiais. Utilizando o concreto para região comprimida e o perfil metálica para região tracionada. Um dos problemas de vigas de concreto armado para grandes vãos são as fissuras e trincas que surgem no concreto na parte tracionada, o que não ocorre no caso da viga mista. Portanto podemos concluir que a utilização desde modelo de viga mista se mostra viável para vãos onde concreto armado apresenta problemas.

Publicado
2018-05-24
Como Citar
KIKUTA, B., VILELA, L., & GARCIA, R. (2018). COMPARATIVO ENTRE MÉTODOS DE VIGA DE CONCRETO ARMADO E VIGA MISTA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3195