CONSTRUÇÃO DE MICROSCÓPIO COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Jeverson Agostini de SOUZA
  • Robson Silva dos SANTOS
  • Maria Clara Sulato BRANCALHONE
  • Danilo Agostini MACHADO
Palavras-chave: Ensino de ciências, Microscópio - criação

Resumo

INTRODUÇÃO: Por mais avançado que a tecnologia esteja o uso de microscópios nas aulas de ciências ainda é algo pouco difundido. Fatores como alto custo de aquisição e fragilidade do instrumento, faz com que se torne pouco viável para as escolas possuírem este instrumento. As disciplinas do ensino fundamental e médio que abordam as ciências são vistas pelos alunos como algo sem sentido e sem aplicações práticas. Isso mostra a carência de projetos interdisciplinares envolvendo discentes e docentes e interligando a teoria com a prática. Nesta perspectiva, a construção de instrumentos ópticos como o microscópio é uma interessante alternativa que pode propiciar uma aprendizagem diferenciada onde o aluno verificará a necessidade de estudar a teoria para melhor entender a prática. OBJETIVO: Incentivar o estudo e prática da ciência nos alunos. Mostrar alguns princípios físicos na construção de um microscópio. METODOLOGIA: Após selecionada uma sala do ensino fundamental II, foi proposto aos alunos que em uma determinada aula trouxessem smartphones e aparelhos leitores de CD/DVD inutilizados. Os alunos construíram um microscópio utilizando uma lente esférica convergente retirada dos aparelhos onde as lentes foram acopladas na câmera dos celulares. Os alunos visualizaram imagens impossíveis de observar a olho nu com um aumento de pelo menos 50 vezes. Foram realizadas testes de conhecimento nos alunos antes de iniciar a prática e ao fim da prática. RESULTADO: Todos os alunos construíram com sucesso o microscópio e assim puderam observar células vegetais e zooplânctons, percebendo peculiaridades que jamais seriam observados sem o instrumento construído. A média de acertos do pré-teste para o pós-teste aumentou significativamente. CONCLUSÃO: Notou-se que os discentes tiveram um maior interesse pela aula o que culminou um aumento significativo na aprendizagem e conhecimentos em microscopia e citologia, tendo em vista que os alunos puderam construir o conhecimento de forma prática e mais eficiente.

Publicado
2018-05-28
Como Citar
Agostini de SOUZA, J., Silva dos SANTOS, R., Sulato BRANCALHONE, M. C., & Agostini MACHADO, D. (2018). CONSTRUÇÃO DE MICROSCÓPIO COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3192