CARACTERIZAÇÃO DAS PATOLOGIAS DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS EM UM TRECHO RODOVIÁRIO

  • Isabella Fracarolli GALLO
  • Jéssica Regina SAMPAIO
  • Claudia Scoton Antônio MARQUES
Palavras-chave: Pavimento flexível. Patologias. Trecho rodoviário.

Resumo

INTRODUÇÃO: O transporte rodoviário é, atualmente, o principal meio de transporte para escoar a produção nacional. Segundo a Confederação Nacional dos Transportes (CNT, 2015), mais de 60% das cargas no Brasil, são transportadas por vias rodoviárias, com isso percebemos a enorme importância das rodovias para o desenvolvimento do país. Assim as decisões sobre manutenção e reabilitação do pavimento se tornam primordiais para esse desenvolvimento. A ideia básica de um sistema de gerência é melhorar a eficiência das ações, tanto quando se refere as melhorias das condições de rolamento, segurança e conforto, quanto ao aumento da vida útil do pavimento e a economia dos recursos investidos. OBJETIVO: Identificar as patologias de pavimento flexível do trecho que liga o Km 05 da BR-436 até o encontro da BR-158 com a Avenida Presidente Vargas, em Aparecida do Taboado (MS), por meio do levantamento visual contínuo (LVC) e apresentar possíveis ações de manutenção e reabilitação. METODOLOGIA: Toda pesquisa implica no levantamento de dados de várias fontes, onde as técnicas correspondem à parte prática de coleta de dados, assim foram feitas pesquisas bibliográficas em conjunto com estudo de caso, tendo como base a norma DNIT 008/2003, sobre avaliação objetiva. RESULTADO: No trecho indicado foram encontrados diversos tipos de patologias que indicam que as prováveis causas estão associadas, principalmente, ao processo construtivo, com isso o trecho da BR-436 apresentou somente dois trechos críticos, enquanto o trecho da BR-158 será necessário a reconstrução. CONCLUSÃO: Concluiu-se que é preciso uma avaliação periódica e que as ações de recuperação de emergência tomadas no local apenas adiaram o reaparecimento dos defeitos além de poder agravá-los ainda mais. Por fim concluímos a necessidade do conhecimento dos tipos de defeitos é fundamental para se obter uma análise satisfatória das condições e que foram atingidos os objetivos iniciais do projeto, apesar das dificuldades encontradas.

Publicado
2018-05-23
Como Citar
GALLO, I., SAMPAIO, J., & MARQUES, C. (2018). CARACTERIZAÇÃO DAS PATOLOGIAS DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS EM UM TRECHO RODOVIÁRIO. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3172