A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO E DETECÇÃO PRECOCE DO CÂNCER DE PRÓSTATA: UMA ABORDAGEM BIBLIOGRÁFICA

  • Thaísa Aparecida da Silva de QUEIROZ Centro Universitário Unifunec - Santa Fé do Sul -SP
  • Melissa Katterine Alves OLIVEIRA Centro Universitário Unifunec - Santa Fé do Sul -SP
  • Patrícia Papali de Souza CARVALHO Centro Universitário Unifunec - Santa Fé do Sul -SP
  • Ritielly Vieira NOGUEIRA Centro Universitário Unifunec - Santa Fé do Sul -SP
  • Michele Geovana da SILVA Centro Universitário Unifunec - Santa Fé do Sul -SP
  • Monica de Souza Casimiro CAMARGO Centro Universitário Unifunec - Santa Fé do Sul -SP
Palavras-chave: Câncer de próstata - prevenção, Toque retal, PSA

Resumo

INTRODUÇÃO: O câncer de próstata (CAP) é o crescimento exagerado da próstata.O CAP
tem uma evolução silenciosa e pode não apresentar sintomas.Medidas preventivas como o
toque retal e exames como o PSA são os meios principais de diagnóstico na fase inicial da
doença,o que possibilitará à cura ou a melhora dos pacientes. OBJETIVO: Descrever o que a
literatura diz sobre a importância da prevenção do câncer de próstata. METODOLOGIA: O
presente trabalho trata-se de uma revisão de literatura para tratamento e aprendizado.
RESULTADO: A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor
masculino,localizada na pelve,responsável pelos fluídos constituintes do sêmen, e confere
nutrição fundamental para sobrevivência dos espermatozóides.De acordo com o
envelhecimento do homem a tendência é que a próstata aumente o tamanho, o fluxo urinário
se torna mais lento a partir dos 50 anos de idade.Os fatores de risco para o desenvolvimento
da doença estão relacionados à presença de testosterona, idade e o "fator de crescimento
análogo à insulina". Além disso,a obesidade, sedentarismo, etnia, contato com derivados de
substâncias como ferro,cromo,chumbo e cadmio. A ingestão de carne vermelha, gorduras,
leite, consumo excessivo de álcool, tabagismo e a vasectomia.Os principais métodos
diagnósticos para a identificação ou rastreamento do CAP são a realização de toque retal da
glândula, dosagem do PSA, ultrassonografia transretal, biopsia. CONCLUSÃO: As
justificativas que norteiam a detecção precoce ocorrem pelo fato que quanto antes a doença
ser diagnosticada, maiores são as chances de cura, além de permitir um tratamento menos
agressivo. Sempre deve ser feito o toque com o PSA. Porque um tumor contido na glândula a
chance de cura é de 95%, já quando atingi tecidos circunvizinhos diminui para 35%. Diante
disso,as ações preventivas reduzem a incidência de mortalidade, pois através de um
diagnostico preciso e precoce o tratamento se torna mais eficaz.

Publicado
2018-05-24
Como Citar
Aparecida da Silva de QUEIROZ, T., Alves OLIVEIRA, M. K., Papali de Souza CARVALHO, P., Vieira NOGUEIRA, R., Geovana da SILVA, M., & de Souza Casimiro CAMARGO, M. (2018). A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO E DETECÇÃO PRECOCE DO CÂNCER DE PRÓSTATA: UMA ABORDAGEM BIBLIOGRÁFICA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3157