ASPECTOS DO DESENVOLVIMENTO E CRESCIMENTO NA MIELOMENINGOCELE: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

  • Ariadne Araujo da Silva GUIMENEZ Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Joice Ellem Malaquias VINCENZI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Simone Gonçalves Trindade CARDOSO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Thaisa Fernanda Queiroz de SOUZA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elena Carla Batista MENDES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Desenvolvimento, Crescimento, Enfermagem, Mielomeningocele

Resumo

INTRODUÇÃO: Mielomeningocele (MMC) é uma malformação do tubo neural que ocorre
falha na fusão do elementos posteriores da coluna vertebral do feto, apresentando defeito
congênito que acontece entre a terceira e quinta semana de vida intrauterina; as manifestações
clínicas mais frequentes da doença é o deficit no crescimento dos membros inferiores
associado à paralisia, incontinência urinária e intestinal, deformidades músculo esqueléticas, e
cerca de 90% dos casos apresentam quadro de hidrocefalia com disfunção cognitiva.
OBJETIVO: O objetivo dessa pesquisa foi identificar artigos científicos que trouxessem o
tema abordado, visando à assistência de enfermagem no crescimento e desenvolvimento de
crianças portadoras de Mielomeningocele. METODOLOGIA: O levantamento de dados foi
realizado nas bases de periódicos da BVS (Biblioteca Virtual de Saúde) sendo selecionados
20 artigos relacionados ao tema. Foram acessados para a construção do estudo, os seguintes
bancos de dados: LILACS (Sistema Latino Americano e do Caribe de Informações em
Ciências da Saúde), SCIELO ( Scientific Eletronic Library Online), e BDENF (Base de Dados
da Enfermagem), totalizando 09 artigos. RESULTADO: Justifica-se no presente estudo
bibliográfico que o enfermeiro enquanto cuidador, precisa inserir a família e a criança com
Mielomeningocele, na extensão de seus cuidados, atuando desde a prevenção, procedimentos
assistenciais, bem como orientando a família sobre o enfrentamento das dificuldades futuras.
CONCLUSÃO: Portanto, ressalta-se que a família e a equipe de saúde, em especial o
profissional de enfermagem, responsabiliza-se em prover cuidados específicos a esta criança,
observando dificuldades na assistência da mesma. Dessa forma o serviço de saúde deve ser
estruturado e humanizado, a fim de atender a criança com MMC de forma holística, já que
algumas famílias abandonam o acompanhamento terapêutico, prejudicando o portador da
doença nos aspectos do crescimento e desenvolvimento, acarretando agravos de seus
problemas de saúde.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
GUIMENEZ, A. A. da S., VINCENZI, J. E. M., CARDOSO, S. G. T., SOUZA, T. F. Q. de, & MENDES, E. C. B. (2018). ASPECTOS DO DESENVOLVIMENTO E CRESCIMENTO NA MIELOMENINGOCELE: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3135