A QUESTÃO DA CULTURA APLICADA AS CIÊNCIAS DA SAÚDE: A RELAÇÃO ENTRE ANTROPOLOGIA, SAÚDE E DOENÇA

  • Denilson Justi dos SANTOS Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Luciano Alves da Silva BARBOSA JÚNIOR Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Magno César RIBEIRO JÚNIOR Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Regina Maria de SOUZA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Antropologia, Cultura, Saúde, Doença

Resumo

INTRODUÇÃO: Considera-se inicialmente que sob a perspectiva dos grupos humanos, existe
uma relação direta entre saúde e doença, a qual é o objetivo de estudo da antropologia, que se
dedica ao conhecimento aprofundado do ser humano, apresentando, assim, uma reflexão de
como as noções e comportamentos ligados aos processos de saúde e de doença integram a
cultura de grupos sociais onde os mesmos ocorrem, e apesar de médicos diplomados e
terapeutas populares se afirmarem como saberes opostos, é comprovado que na prática, o
conhecimento desses agentes de cura se aproxima e interagem. OBJETIVO: O objetivo deste
trabalho é apresentar algumas considerações em relação a importância da antropologia da
saúde e assim analisar a questão de saúde e doença no seu contexto. O estudo aborda o
desenvolvimento do conhecimento dessa área, e analisa qual a sua contribuição para a prática
mais consciente dos profissionais de saúde e consequentemente obter maior desenvolvimento
dessa área do conhecimento promovendo melhor capacitação dos mesmos, a partir de
reconhecimento da saúde e doença enquanto processo sociocultural. METODOLOGIA: O
trabalho foi desenvolvido por meio de pesquisa bibliográfica, com consulta de sites e artigos
de referência para discussão do tema na qual trouxe o embasamento para fundamentar o
estudo e atingir o objetivo proposto. RESULTADO: Argumenta-se que os sistemas médicos
de atenção à saúde, tal qual as respostas dadas às doenças, são métodos culturais,
correspondente com os grupos e com realidades sociais que os produzem. CONCLUSÃO: A
compreensão dessa relação se mostra, então, fundamental para a formação do profissional da
saúde, não desconsiderando o saber biomédico, mas unindo os dois saberes em favor de
planos e políticas de saúde efetivos.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
SANTOS, D. J. dos, BARBOSA JÚNIOR, L. A. da S., RIBEIRO JÚNIOR, M. C., & SOUZA, R. M. de. (2018). A QUESTÃO DA CULTURA APLICADA AS CIÊNCIAS DA SAÚDE: A RELAÇÃO ENTRE ANTROPOLOGIA, SAÚDE E DOENÇA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3127