PRÁTICAS MODERNAS DA GESTÃO DE PESSOAS: VALORIZAÇÃO NA GESTÃO DAS DIVERSIDADES

  • Ohana Ilze Rodrigues da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Erica Fernanda Pereira de ANDRADE Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Diversidade, Gestão, Respeito

Resumo

INTRODUÇÃO: Gestão de pessoas é considerada uma das áreas mais influentes dentro de
uma organização. Afinal empresas são formadas de pessoas que buscam atender as
necessidades de outras pessoas. As organizações devido a globalização e avanço da tecnologia
se encontram em um mercado competitivo que exige adequação das empresas em um
ambiente multicultural compostos pelos mais diversos tipos de indivíduos. OBJETIVO:
Identificar os diferentes tipos de diversidades que atuam em uma indústria automotiva da
região noroeste paulista. METODOLOGIA: Para tanto foi realizada uma revisão bibliográfica
sobre o tema, na sequencia um estudo de caso, o método utilizado foi exploratório e o
instrumento de coleta de dados um questionário, aplicado a 50% (169) dos integrantes do
setor operacional. Ao final do estudo, os dados obtidos foram analisados estatisticamente.
RESULTADO: A empresa apresenta uma enorme variedade cultural, étnica e sexual. Entre os
colaboradores pesquisados, 65% têm idade entre 18 e 30 anos, 61% possuem ensino médio,
51% são do sexo masculino, 63% são brancos e 87% heterossexuais. Dos entrevistados 71%
afirmam não terem agido de maneira preconceituosa e o preconceito considerado, pelos
respondentes, de maior frequência se destacou o de opção sexual com 51% dentre os outros:
racial, deficiência, gênero, geração e classe social. Mas a maioria (63%) assegura que gosta e
considera saudável o convívio entre as diferenças no ambiente de trabalho e nunca sofreram
nenhum tipo de restrição por ela. CONCLUSÃO: De acordo com as bibliografias estudadas a
diversidade deve ser valorizada e utilizada como um diferencial estratégico nas organizações,
afinal cada um contribui com suas diferenças. A empresa estudada confirma essa hipótese,
seus colaboradores não assinalam nenhum tipo de rejeição no âmbito profissional e afirmam
nunca sofrer nenhum tipo de dano em suas relações de trabalho e isso comprova que pessoas
aceitas por suas diferenças são mais livres de preconceitos.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
Ilze Rodrigues da SILVA, O., & Fernanda Pereira de ANDRADE, E. (2018). PRÁTICAS MODERNAS DA GESTÃO DE PESSOAS: VALORIZAÇÃO NA GESTÃO DAS DIVERSIDADES. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3113