BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA CRIANÇAS CADEIRANTES

  • Everton Kintof da ROCHA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Felipe da Silva LIMA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • João Aldo ZANACHI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Alírio Gonçalves da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Força, Resistência, Cadeirantes

Resumo

INTRODUÇÃO: O presente trabalho abordou o tema atividades físicas para crianças
cadeirantes, onde essas pessoas apresentam questões particulares quanto a saúde e a
segurança. É fundamental tratar esses alunos como uma pessoa normal, que necessitam
apenas de algumas adaptações físicas e estruturais para melhor se adaptar ao ambiente. Com
esse questionamento identifica-se que a atividade física de forma planejada visa aumentar ou
manter os níveis de força muscular, resistência, além de contribuir para o aumento da autoestima,
confiança e o bem estar psicológico de crianças cadeirantes. OBJETIVO: O objetivo
deste trabalho foi analisar os níveis de exercícios para adquirir força e resistência das crianças
cadeirantes que praticam atividades físicas. METODOLOGIA: A metodologia utilizada para
o desenvolvimento deste trabalho foi a de revisão bibliográfica. RESULTADO: com ênfase
na compreensão da importância destas atividades para o desenvolvimento de força e
resistência ao cadeirante, quando se trata daqueles que praticam atividades físicas, o cuidado
deve ser especializado. Sendo assim, a definição de resistência, sua função, as preocupações
das escolas com esses alunos, a maneira de estimulá-los é identificada pela capacidade que o
corpo tem de desenvolver um movimento por um determinado tempo. A escola deve
estimular outras buscas, novos conhecimentos dando ênfase em outros sentidos do prazer,
através de um trabalho disciplinar com foco maior na força e na resistência. CONCLUSÃO:
Com a pesquisa realizada pode-se concluir que sem a força e resistência básica, os alunos com
essa deficiência certamente não conseguiriam se coordenar, entretanto se faz necessário o
estímulo das atividades físicas, pois estas têm importância significativa para que as crianças
consigam se movimentar, e com isso reduzindo também o número de crianças
emocionalmente abaladas, e consigam ter estabilidade, confiança na locomoção dos membros
superiores com melhoria de força e resistência, influenciando de forma persistente no
desenvolvimento do aprendizado do aluno.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
ROCHA, E. K. da, LIMA, F. da S., ZANACHI, J. A., & SILVA, A. G. da. (2018). BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA CRIANÇAS CADEIRANTES. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3087