ESTUDO DO "SELO VERDE", CERTIFICAÇÃO FLORESTAL

  • Amanda SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Tayná Moraes VIEIRA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • João Aldo ZANACHI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Conselho de manejo florestal, Certificação florestal, Organização

Resumo

INTRODUÇÃO: O propósito deste trabalho é analisar os processos da certificação florestal
dentro de uma organização focada no sócioambientalismo, buscando os processos formais de
como a certificação influencia diretamente na gestão de uma empresa. OBJETIVO:
Apresentar as etapas formais, analisar os princípios do FSC (Conselho de Manejo Florestal) e
os benefícios da certificação para a empresa. METODOLOGIA: A pesquisa teve um enfoque
qualitativo, busca qualidade nas informações, com pesquisa bibliográfica a partir de materiais
elaborados, livros e artigos sobre o tema e também estudo de caso dentro da empresa M E
Empreendimentos (nome fictício) através de um questionário realizado para os colaboradores
envolvidos diretamente no processo. RESULTADO: Os resultados obtidos com a pesquisa
qualitativa e estudo de caso através das análises das respostas do questionário, foram
explanados conforme todos os princípios, a empresa teve que se enquadrar para conseguir o
selo verde e se certificar. CONCLUSÃO: O processo de certificação fez repensar suas
atitudes, assim se enquadrar no processo como um todo para adquirir o selo verde, o que tal
influencia direta e indiretamente, ou seja, a gestão como um todo do que acontece e como os
administradores precisamos estar constantemente abertos à mudanças que ocorrem no nosso
campo de atuação e que todos estes que acontecem vão impactar de uma forma ou de outra
todos os processos da empresa e a certificação veio para agregar valor a empresa, já que sua
madeira está pronta para comercialização, com procedência e garantia de origem, que cumpre
todas as exigências legais para que possa ser vendida e processada de forma correta para
outras empresas, tal estudo de caso agregou valores e conhecimentos pois tal processo precisa
estar constantemente sendo analisado dentro de uma organização, como forma de
monitoramento interno para que a empresa certificada que garanta suas origens e procedência.

Publicado
2018-05-18
Como Citar
SILVA, A., Moraes VIEIRA, T., & ZANACHI, J. A. (2018). ESTUDO DO "SELO VERDE", CERTIFICAÇÃO FLORESTAL. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3061