ESTRATEGIAS EMPRESARIAIS COMPETITIVAS: ACÕES DE GESTÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

  • Jeise Cristina da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Bruna Gabrielle de Oliveira ALMEIDA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • João Aldo ZANACHI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Estratégia competitiva. Gestão ambiental. Meio ambiente., Estratégia competitiva, Gestão ambiental, Meio ambiente

Resumo

INTRODUÇÃO: As estratégias empresariais competitivas expressam uma correlação com a gestão ambiental, em que ações devem ser idealizadas visando a responsabilidade social da empresa de pequeno porte. Estas ações assumem diversas formas e as mais evidentes são as que incluem a proteção ambiental, projetos filantrópicos com foco educacional em conformidade com o interesse público. Ao entender o sentido da gestão ambiental nas empresas de pequeno porte, define-se, portanto, a necessidade que os governantes, em cada esfera do governo, criarem políticas públicas focadas nas condições humanas, ecológicas e ambientais com o intuito de definir obrigações de ações de gestão ambiental e objetivar resultados satisfatórios ao meio ambiente. OBJETIVO: O objetivo geral do presente trabalho foi analisar a importância e influencia da gestão ambiental na competitividade e no sucesso das empresas de pequeno porte. METODOLOGIA: A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste trabalho foi revisão bibliográfica e ainda foi realizada uma pesquisa de campo para analisar e acompanhar o andamento da gestão proposta para as organizações. RESULTADO: De acordo com a pesquisa realizada na bibliografia, bem como no desenvolvimento prático por meio de visitas em empresas de pequeno porte, nota-se que o compromisso das organizações deve ser formalizado através de uma declaração de política corporativa integrando os assuntos ambientais aos negócios das empresas com o intuito de formalizar o compromisso com a gestão ambiental e não apenas divulgar seus produtos, mas também o envolvimento na busca de soluções ambientais para a própria organização, podendo ainda encorajar um comprometimento de toda a empresa. CONCLUSÃO: Por meio deste estudo foi possível concluir que existe a necessidade das empresas de pequeno porte criarem estratégias competitivas com ações de gestão ambiental, pois se trata de um diferencial no mercado concorrente, bem como para o bem-estar e valorização dos seus consumidores e as populações envolvidas.

Publicado
2018-05-18
Como Citar
Cristina da SILVA, J., Gabrielle de Oliveira ALMEIDA, B., & Aldo ZANACHI, J. (2018). ESTRATEGIAS EMPRESARIAIS COMPETITIVAS: ACÕES DE GESTÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3058