INCLUSÃO, DIVERSIDADE, CURRÍCULO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES

  • Priscila Do Nascimento Faustino da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Lucimar Rocha da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Maria Cristina x Teiga RODRIGUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Inclusão escolar, Ambiente escolar, Gestão democrática

Resumo

INTRODUÇÃO: A escola não é mais aquele espaço homogeneizado, onde se via e atendia
apenas crianças consideradas como normais. Com o crescimento do discurso da inclusão e da
diversidade, se vê surgir na sociedade uma nova escola mais aberta e diversificada. A entrada
das crianças com necessidades educativas especiais na escola, verdadeiramente, representou
um marco social, fruto de enorme conquista histórica, de grande valia para os mesmos.
OBJETIVO: O objetivo desse trabalho foi compreender como a inclusão, a diversidade, o
currículo e a formação de professores contribuíram na transformação do ambiente escolar.
METODOLOGIA: Realizou-se uma pesquisa bibliográfica que fosse pertinente a temática do
trabalho, de modo que a busca fosse pautada nas bases de dados, nos livros e nos periódicos
pertinentes ao assunto. RESULTADO: Os resultados mostraram que a adaptação curricular
deve considerar a abertura para o desenvolvimento de competências, bem como apoio ao
trabalho multidisciplinar, heterogêneo, plural, inclusivo e democrático, além das mudanças
necessárias para que o processo de adaptação ocorra de maneira menos invasiva.
CONCLUSÃO: Pode-se concluir que, a partir do momento que a escola abrir as portas para a
participação da comunidade na construção, no acompanhamento e na avaliação do seu projeto
político pedagógico, comprometido com a formação do cidadão participativo, crítico,
responsável e criativo, a escola terá consolidada a gestão democrática e cumprido com sua
função social, além de atender a diversidade, promover ações de aceitação, respeito, diálogo,
cooperação, flexibilização tanto na adaptação curricular quanto na formação docente, ampla e
contínua, deve-se investir na construção de uma escola com ambientes, ferramentas e recursos
educacionais que rompam com a prática homogeneizadoras de ensino e aprendizagem,
produtoras de exclusão.

Publicado
2018-05-17
Como Citar
Do Nascimento Faustino da SILVA, P., Rocha da SILVA, L., & Teiga RODRIGUES, M. C. x. (2018). INCLUSÃO, DIVERSIDADE, CURRÍCULO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3042