LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS: O DESPERTAR DE POSSIBILIDADES NAS MÃOS DE APRENDIZES SURDOS E OUVINTES

  • Camila Machuca OLIVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Kevilly Monique da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Claudia Machuca Maraia FERRO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Danilo Pessopane de ALMEIDA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Deficiência, Auditiva, Surdez, Libras, Educação especial

Resumo

INTRODUÇÃO: As diversas formas comunicativas e o atendimento qualitativo dado às
pessoas com deficiência nos meios educacionais, compreendidos como alunos Público-Alvo
da Educação Especial (PAEE), e sociais, percebidos com pessoas com deficiência, têm sido
temas de interesse entre pesquisadores iniciantes e experientes em todas as áreas do
conhecimento. OBJETIVO: As propostas do trabalho são: identificar as principais
problemáticas e entraves no atendimento educacional prestado às pessoas com Deficiência
Auditiva (DA) e Surdez;compreender os desafios e possibilidades como ferramentas
facilitadoras nos processos de ensino e aprendizagens; proporcionar a igualdade de direitos, e
ainda ,aperfeiçoar aprendizagens dos profissionais atuantes no âmbito educacional, por meio
de instrumentos facilitadores nas possibilidades de comunicação alternativa, tendo como
principal expoente a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). METODOLOGIA: A abordagem
definida para a pesquisa foi qualitativa, por meio de Revisão Bibliográfica, à luz teóricas
clássicos e de enfoque crítico, tais quais Vigotski (1997,2003), Strobel (2008), entre outros.
RESULTADO: Como resultado do mapeamento, foi possível compreender que uma das
principais problemáticas está relacionada à formação dos profissionais atuantes na Educação,
pois reflete nas dificuldades encontradas pelos mesmo, em estabelecer comunicação direta
com pessoas com Surdez e DA, pelos entraves comunicativos. Pode-se notar também que os
intérpretes em Libras não suprem todas as necessidades dos discentes no aspecto formativo,
tendo em vista esses precisam recorrer aos professores em atuação nas salas regulares de
ensino. CONCLUSÃO: Com os resultados desta pesquisa, espera-se despertar o interesse de
pessoas atuantes no âmbito educacional, para que possam contemplar novas formas de
aprendizagem na comunicação e definir a Libras em todos os contextos sociais, em médio e
longo prazo.

Publicado
2018-05-17
Como Citar
Machuca OLIVA, C., da SILVA, K. M., Machuca Maraia FERRO, C., & Pessopane de ALMEIDA, D. (2018). LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS: O DESPERTAR DE POSSIBILIDADES NAS MÃOS DE APRENDIZES SURDOS E OUVINTES. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3034