INFLUÊNCIA DAS REDES SOCIAIS NA FORMAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

  • Katia Nayra Araujo de AZEVEDO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Mabily Peres FERREIRA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Ronaldo Camargo da SILVA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elaine Doro Mardegan COSTA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Adolescentes, Internet, Identidade, Influência

Resumo

INTRODUÇÃO: Nosso século é marcado pelo desenvolvimento de novas tecnologias, cujo
avanço permitiu a criação das chamadas redes sociais, que são estruturas compostas por
pessoas ou organizações, para partilhar valores e objetivos em comum, as quais são utilizadas
com uma frequência cada vez maior por todos nós. Em especial, crianças e adolescentes que
passam grande parte de seus dias no mundo virtual. OBJETIVO: O presente artigo tem como
objetivo analisar a influencia dessas redes no processo de formação de crianças e
adolescentes. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa de revisão integrativa feita de
forma sistematizada realizada por meio da analise de três artigos disponíveis em banco de
dados eletrônicos como SCIELO e BSV. RESULTADO: Com a analise dos artigos
selecionados é importante ressaltar que um comportamento ético e responsável se torna
necessário, pois vai muito além das redes sociais, já que exige a criação de uma relação de
confiança entre responsáveis e jovens, visando a coerência, para que o adolescente consiga
conversar com liberdade e não sentir necessidade de omitir comportamentos. Os jovens
apresentam em suas redes sociais aspectos que são socialmente conhecidos e aceitos, ou seja,
uma identificação social adequada aos modelos de sua geração, por isso, é preciso tratar as
redes sociais como qualquer área ou atividade de risco existente no mundo físico. Tanta
exposição pode trazer fatores de riscos como a falta de privacidade e a alienação por modelos
cotidianos. CONCLUSÃO: Conclui-se então, que a formação da criança e do adolescente
contemporâneo deve ser estudada não só em seu âmbito social habitual, mas também em sua
vida e contexto virtual, já que para o desenvolvimento e formação de identidade saudável, é
necessário o equilíbrio em todos os aspectos de sua vida.

Publicado
2018-05-17
Como Citar
Araujo de AZEVEDO, K. N., Peres FERREIRA, M., Camargo da SILVA, R., & Doro Mardegan COSTA, E. (2018). INFLUÊNCIA DAS REDES SOCIAIS NA FORMAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3033