ALFABETIZAÇÃO DO ALUNO DEFICIENTE VISUAL NAS SÉRIES INICIAIS

  • Luana Silva BELANCIERI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Antonio Vinicius De Oliveira ALSSUFFI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Maria Cristina Teiga RODRIGUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Alfabetização, Deficiência visual, Inclusão escolar

Resumo

INTRODUÇÃO: A inclusão de pessoa com deficiência visual no âmbito escolar é um debate
atual que demanda a organização de várias propostas de trabalho, pelas especificidades
inerentes à pessoa humana e pelas diversas barreiras existentes no contexto escolar. Os
conteúdos escolares privilegiam a visualização em todas as áreas de conhecimento, de um
universo permeado de símbolos gráficos, imagens, letras e números. Nesse sentido, torna-se
necessário aprofundar-se no tema proposto pelo presente trabalho. OBJETIVO: Refletir sobre
a alfabetização do aluno deficiente visual nas séries iniciais, com vistas à consolidação e
ampliação de uma prática educacional que atenda aos princípios da educação inclusiva na
rede regular de ensino, analisando sua concepção sobre o processo escolar e o sistema Braille.
METODOLOGIA: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica com a finalidade de analisar as
afirmações teóricas pré-existentes com o intuito de contribuir positivamente para a construção
do trabalho. RESULTADO: Os resultados revelam que a carência de materiais didáticos em
Braille, as dificuldades para aprender, além da falta de capacitação de professor para atuar
junto ao aluno com deficiência visual, são impasses significativos. CONCLUSÃO: Foi
concluído que, para minimizar tais dificuldades, é necessário que se busquem recursos
diversos, utilizando-se de materiais concretos e, principalmente, investir em metodologia que
atenda às necessidades do educando com cegueira. Além disso, os educadores de crianças
cegas que vêm colaborar com o desenvolvimento e a aprendizagem desta criança é necessário
refletir sobre sua prática pedagógica, buscando adequá-la para que a criança compreenda o
mundo e consiga estabelecer conceitos de forma contextualizada.

Publicado
2018-05-18
Como Citar
Silva BELANCIERI, L., De Oliveira ALSSUFFI, A. V., & Teiga RODRIGUES, M. C. (2018). ALFABETIZAÇÃO DO ALUNO DEFICIENTE VISUAL NAS SÉRIES INICIAIS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3030