A QUESTÃO DO BULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: ESTRATÉGIAS DE MINIMIZAÇÃO

  • Raquel Nocente SIQUEIRA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elisangela de Fátima Moreira de OLIVEIRA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Regina Maria de SOUZA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Aprendizagem, Escola, Bullying

Resumo

INTRODUÇÃO: Cabe considerar inicialmente a necessidade de elaborar estratégias com o
intuito de conscientizar os alunos que sofrem bullying que o mesmo constitui-se em uma
agressão de grandes proporções, que afeta a sua saúde física e psíquica, demandando que seja
denunciado na escola e relatado aos pais. É de fundamental importância a criação de um
ambiente saudável, a fim de que o processo de aprendizagem e a vivência social
proporcionada pela escola não sejam prejudicados. OBJETIVO: O objetivo desse trabalho é
analisar os impactos negativos do bullying no contexto escolar e identificar o início do
problema que ocorre com grande frequência nas escolas públicas e privadas do ensino regular,
com o intuito de identificar as estratégias a serem adotadas pela organização escolar, com
vistas à minimização da prática. METODOLOGIA: O trabalho foi desenvolvido por meio de
método bibliográfico, por meio de revisão de literatura. RESULTADO: Merece destacar que
o aluno que comete o bullying também demanda a atenção e o cuidado da organização
escolar, pois a violência nessas situações pode ser resultado de um ambiente familiar de pouco
cuidado e respeito com a criança e o adolescente. Há situações em que os mesmos
reproduzem na escola a dinâmica de violência vivenciada em sua vida privada. Dessa forma,
os praticantes de bullying, não devem ser apenas criminalizados, como preconiza a legislação
vigente, também devem receber atendimento e atenção da equipe escolar. CONCLUSÃO: A
partir das informações apresentadas é possível concluir que a escola desempenha papel
elementar na criação de um ambiente propício ao processo de aprendizagem, buscando
estabelecer entre os educandos um ambiente social condizente com as necessidades do
processo de ensino aprendizagem.

Publicado
2018-05-18
Como Citar
Nocente SIQUEIRA, R., de Fátima Moreira de OLIVEIRA, E., & de SOUZA, R. M. (2018). A QUESTÃO DO BULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: ESTRATÉGIAS DE MINIMIZAÇÃO. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3028