TRATAMENTO COM O FLUTTER EM PACIENTES HIPERSECRETIVOS

  • Natalia Ferres BACCHIN Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Thaynara Queiroz AMARAL Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Hamilton NAHES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Fisioterapia respiratória, Flutter, Hipersecreção

Resumo

INTRODUÇÃO: As doenças pulmonares encontram-se em segundo lugar como causa de
benefícios da seguridade social e vem tornando uma das causas de mortalidade nos EUA e no
Brasil. Dentre essas doenças inclui-se a Doenças Pulmonares Obstrutivas Crônicas (DPOC),
Asma e Bronquiectasia. A fisioterapia respiratória é amplamente utilizada no tratamento
destes indivíduos, já que a dificuldade de expectoração é um dos principais problemas nos
portadores de obstrução crônica. A intervenção fisioterapêutica é realizada através de
inúmeros recursos para higiene brônquica,entre eles o flutter. OBJETIVO: Verificar os
benefícios do flutter na literatura atual através de pesquisas bibliográficas, verificando
mecânica respiratória e eliminação de secreção. METODOLOGIA: O presente estudo trata-se
de uma revisão de literatura bibliográfica. As análises foram realizadas em estudos científicos
entre os períodos de 1996 a 2017 com o objetivo de analisar e demonstrar os resultados do
flutter em pacientes hipersecretivos. RESULTADO: Foram obtidos através da pesquisa os
seguintes resultados: redução da hipersuflação e melhora na mecânica respiratória, eliminar
secreção para melhor expectoração na ventilação pulmonar, aumento na complacência
pulmonar dinâmica e diminuição da resistência respiratória, limpeza brônquica e aumento
Spo2. CONCLUSÃO: Conclui-se com o presente estudo que o flutter é um equipamento de
fisioterapia respiratória, que combina duas técnicas: pressão positiva expiratória e oscilações
de alta frequência na remoção e eliminação das secreções das doenças pulmonares com
melhora na ventilação mecânica pulmonar. Apresentando melhora na qualidade de vida
desses pacientes hipersecretivos. A fisioterapia respiratória tem como objetivo melhorar a
mecânica respiratória e sendo assim avaliar os efeitos da complacência dinâmica,
complacência estática e resistência da via aérea.

Publicado
2018-05-17
Como Citar
BACCHIN, N. F., AMARAL, T. Q., & NAHES, H. (2018). TRATAMENTO COM O FLUTTER EM PACIENTES HIPERSECRETIVOS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=3017