ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA DERMATOFUNCIONAL NO TRATAMENTO DE EDEMA PERIFÉRICO QUE OCORREM EM PACIENTES DIABÉTICOS

  • Thainá Nunes Fernandes do NASCIMENTO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Juliana Cristina RODRIGUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Laiza ELOI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Diabetes Mellitus, Edema periférico, Drenagem linfática

Resumo

INTRODUÇÃO: A diabetes mellitus é uma complexa doença, onde ocorre um transtorno
global no metabolismo. É considerada multifatorial e possui varias classificações. Os dois
tipos mais frequentes são: Tipo 1, quando o pâncreas para de produzir insulina e Tipo 2,
quando o pâncreas diminui a produção de insulina e/ou a insulina produzida não é bem
aproveitada. Uma descompensação nesta patologia pode acarretar complicações, dentre elas, o
edema periférico que surge após insuficiência venosa. A fisioterapia dermatofuncional possui
tratamentos que podem ajudar na melhora do retorno venoso e assim contribuir para a
diminuição do edema. OBJETIVO: Descrever como a drenagem linfática manual associada à
plataforma vibratória, atua no tratamento de edema periférico causado após insuficiência
venosa, ocorrida por diabetes mellitus descompensada. METODOLOGIA: Trata-se de uma
pesquisa bibliográfica de caráter descritivo e qualitativo, utilizando artigos disponíveis online
em formato PDF, nos sites de busca Google Acadêmico e SCIELO datados de 2000 a 2016. E
livros de 1990 a 2016, oriundos do acervo da biblioteca das Faculdades Integradas de Santa
Fé do Sul – Funec, SP. RESULTADO: O uso do protocolo associando à drenagem linfática
manual a plataforma vibratória, que neste caso foi sugerida uma vibração segmentar, variando
em torno de 50 a 60 Hz, modulagem entre leve, médio e forte e tempo de utilização estimado
entre 10 a 15 minutos, podem apresentar resultados positivos, proporcionando relaxamento
muscular e ativação do sistema linfático, diminuindo o edema e aliviando a dor.
CONCLUSÃO: Concluímos os possíveis benefícios que a drenagem linfática manual
associada à plataforma vibratória podem apresentar, após melhorar a circulação sanguínea e
consequentemente a circulação linfática, diminuindo o edema periférico. As duas técnicas são
utilizadas intercaladamente, visando uma melhora em um curto espaço de tempo, para que os
benefícios apareçam durante e após as sessões.

Publicado
2018-05-15
Como Citar
NASCIMENTO, T. N. F. do, RODRIGUES, J. C., & ELOI, L. (2018). ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA DERMATOFUNCIONAL NO TRATAMENTO DE EDEMA PERIFÉRICO QUE OCORREM EM PACIENTES DIABÉTICOS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=2991