EFEITOS DA DEFICIÊNCIA OU FALTA DE SUPLEMENTAÇÃO DE ÁCIDO FÓLICO DURANTE O PERÍODO GESTACIONAL

  • Bruna Fernanda Silva TEODORO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Beatriz Ribeiro BONIN Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elisandra de Mello DÉO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Gestação, Folato, Cobalamina

Resumo

INTRODUÇÃO: O ácido fólico, também conhecido como folato, ácido pteroil-L glutâmico
ou vitamina B9, faz parte das vitaminas do complexo B. Durante o período gestacional há
uma necessidade maior dessa vitamina, o que dificulta a oferta através da alimentação
habitual, sendo necessária a suplementação. A sua ausência, durante a gestação, pode trazer
inúmeras consequências para a gestante, como abortos espontâneos, hemorragias, préeclâmpsia
e, no feto, lábio leporino, doenças cárdicas, prematuridade e deficiência no tubo
neural, podendo levar a espinha bífida e a anencefalia. OBJETIVO: O objetivo deste estudo
foi avaliar a deficiência de ácido fólico durante a gestação e suas consequências para o feto.
METODOLOGIA: Para a realização deste trabalho foram realizadas revisões em artigos
científicos como base de dados eletrônicos e impressos sobre a deficiência de ácido fólico no
período gestacional. RESULTADO: É importante ressaltar que a vitamina B12(cobalamina) é
responsável pela ativação de acido fólico, sendo assim, sua deficiência reduz a capitação do
folato pelas células, aumentando o conteúdo plasmático e diminuindo a concentração de
células vermelhas. Deste modo, é importante manter bons níveis dessas vitaminas no
organismo, para garantir uma gestação tranquila e a segurança do bebê. CONCLUSÃO:
Conclui-se que, tanto o ácido fólico quanto a cobalamina, são dependentes uma da outra e o
folato é de suma importante, não só no período gestacional como também três meses antes da
concepção, para garantir a reserva adequada dessa vitamina. Portanto, o acompanhamento
nutricional se faz necessário para que se mantenham os níveis adequados dessas vitaminas
durante o período gestacional, garantindo assim, o desenvolvimento adequado da criança.

Publicado
2018-05-11
Como Citar
TEODORO, B. F. S., BONIN, B. R., & DÉO, E. de M. (2018). EFEITOS DA DEFICIÊNCIA OU FALTA DE SUPLEMENTAÇÃO DE ÁCIDO FÓLICO DURANTE O PERÍODO GESTACIONAL. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=2931