CAPACITAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS EM ESTABELECIMENTOS ALIMENTÍCIOS NO MUNICÍPIO DE FERNANDÓPOLIS/SP

  • Tais de Souza VALERO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Consuelo Vitória Madalena Calegari SCATENA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Amanda Caroline MENDES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Juliani Berti da ROCHA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Gizela de CARVALHO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Capacitação, Manipuladores, Higiene, Estabelecimentos, Alimento

Resumo

INTRODUÇÃO: Amplos estudos apontam o atributo higiênico-sanitário como causa da
seguridade do alimento, dado que as patologias ligadas a alimentação são uma das primeiras
causas que entram nas listas de morbidade em alguns países. Desta maneira, os manipuladores
de alimentos necessitam de capacitação para o trabalho que exercem, pois, práticas
desapropriadas de higiene e procedimentos alimentares por trabalhadores inaptos podem
originar contaminação cruzada e corromper a segurança dos mesmos. A produção de
refeições abrange uma série de ações que garantem a qualidade e segurança e ainda
recuperam a saúde individual e coletiva daqueles que a consomem. Assim, a forma mais
correta para que seja cumprida a higiene adequada dentre os manipuladores é a capacitação
para que se tenha melhoria na qualidade dos produtos e serviços, dessa forma, os
manipuladores de alimentos irão adquirir hábitos higiênico-sanitários adequados e aplicar no
dia a dia. OBJETIVO: Foi desenvolver um plano de capacitação para manipuladores de
alimentos nos estabelecimentos alimentícios do município de Fernandópolis-SP.
METODOLOGIA: A pesquisa constituiu-se em revisão de literatura, elaboração da cartilha e
questionário, validação através deste e tabulação dos resultados. RESULTADO: - Elaborou-se
a cartilha; - Realizou-se as capacitações (dividiu-se em dois grupos: hortifrutigranjeiros e
produtos manipulados); - Obteve-se a adesão de 58 participantes; - Validou-se através dos
questionários: Comparou-se a mesma questão aplicada aos dois grupos, sendo esta tratando-se
de lavagem das mãos, no que seria o melhor produto a ser usado, sendo a resposta o sabonete
antisséptico, para o grupo de hortifrutigranjeiros 23% contra 93,7% para o grupo de produtos
manipulados.CONCLUSÃO: Conclui-se que foi atingido objetivo do trabalho que foi
desenvolver, aplicar e ter boa adesão do conhecimento no plano de capacitação para os
estabelecimentos alimentícios do município de Fernandópolis-SP.

Publicado
2018-05-11
Como Citar
VALERO, T. de S., SCATENA, C. V. M. C., MENDES, A. C., ROCHA, J. B. da, & CARVALHO, G. de. (2018). CAPACITAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS EM ESTABELECIMENTOS ALIMENTÍCIOS NO MUNICÍPIO DE FERNANDÓPOLIS/SP. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=2926