ANOREXIA: COMPLEXIDADE DO TRATAMENTO NUTRICIONAL NA ADOLESCÊNCIA

  • Gabriela Mendes ALCANTARA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Bruna Alves de ARAUJO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elisandra de Mello DÉO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Anorexia, Adolescência, Nutrição

Resumo

INTRODUÇÃO: A adolescência é o período de transição da infância para a vida adulta, onde
ocorrem várias mudanças psicológicas e físicas, sendo assim uma fase propícia para o
aparecimento de distúrbios alimentares, como a anorexia. Esse transtorno pode estar
associado com a mídia, a qual tem o "padrão'' de beleza. OBJETIVO: O objetivo deste estudo
foi analisar a complexidade do tratamento nutricional de adolescentes com anorexia.
METODOLOGIA: Para a realização deste trabalho foram utilizados livros didáticos e artigos
científicos sobre anorexia RESULTADO: A anorexia é uma visão fora da realidade, pois o
indivíduo enxerga o seu corpo extremamente obeso, quando na realidade ele apresenta o
corpo magro e desnutrido. Quando o adolescente é diagnosticado com anorexia começa luta
mental e física para o ganho de peso. O tratamento é realizado através de três profissionais: o
médico, o nutricionista e o psicólogo, que terão que trabalhar em equipe para a melhora o
estado clínico do paciente. O cuidado nutricional deve ser feito de forma individualizada e
compreender técnicas e procedimentos dietoterápicos, da educação alimentar e do
aconselhamento nutricional, uma vez que a motivação para o controle sobre corpo e sobre a
alimentação é a única para cada pessoa. Para estabelecer esta prática de aconselhamento, o
nutricionista deve ter maior direcionamento para as disciplinas como psicologia, antropologia
e sociologia, as quais são essenciais para se compreender e se trabalhar com a complexidade
da alimentação. CONCLUSÃO: Conclui-se que a anorexia, em especial na adolescência, é
uma doença física e psicológica, que necessita de uma equipe interdisciplinar para o seu
tratamento, considerado extenso e complexo, que deve haver interesse do paciente em querer
mudar e adquirir gosto pelo "ato de comer'', e assim em conjunto com seus familiares, seja
possível recuperar o seu estado nutricional, por meio de uma alimentação saudável e cuidados
psicológicos.

Publicado
2018-05-11
Como Citar
ALCANTARA, G. M., ARAUJO, B. A. de, & DÉO, E. de M. (2018). ANOREXIA: COMPLEXIDADE DO TRATAMENTO NUTRICIONAL NA ADOLESCÊNCIA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=2922