A RELEVÂNCIA DA TRIAGEM NEONATAL PARA O DIAGNÓSTICO PRECOCE E O TRATAMENTO NUTRICIONAL DE DOENÇAS COMO A FENILCETONÚRIA E A FIBROSE CÍSTICA

  • Aruany Velozo Piemonte de OLIVEIRA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Sheila RODRIGUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Pricila do Carmo GONÇALVES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Rosana Mara Rulli ABBUD Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
Palavras-chave: Fenilcetonúria, Fibrose, Cística, Nutrição

Resumo

INTRODUÇÃO: Um dos métodos para impedir o desenvolvimento de patologias é efetuar a
triagem neonatal,sendo um exame laboratorial com o intuito de identificar precocemente
bebês com doenças como a fenilcetonúria e a fibrose cística e devem dispor do tratamento em
tempo hábil, a fim de evitar a ocorrência de sequelas e morte. A orientação dietoterápica é a
maneira mais eficaz de se tratar as patologias citadas no presente estudo. OBJETIVO: O
objetivo é analisar a fibrose cística e a fenilcetonúria como patologias possíveis de serem
diagnosticadas na triagem neonatal. METODOLOGIA: A metodologia utilizada pautou-se em
pesquisa bibliográfica. Como fonte de consulta foram eleitos livros, legislações e periódicos,
provenientes da base de dados Scielo. RESULTADO: Quanto a fibrose cística, esta constituise
em uma patologia hereditária, que apresenta uma evolução crônica, progressiva e fatal, em
que os pacientes são mais suscetíveis a desnutrição, que é resultante da oscilação entre
consumo alimentar, gasto e perdas energéticas,de modo que demandam acompanhamento
nutricional. O profissional em nutrição deve, a princípio, elaborar uma reeducação alimentar e
implementar medidas de terapia nutricional como forma de prevenir a desnutrição, além do
acompanhamento para o controle de reposição de enzimas e de suplementação de vitaminas.
A ocorrência da fenilcetonúria se dá por meio da falta da enzima fenilalanina-hidroxilase
(FAL), sendo um dos fatores mais frequentes para a deficiência intelectual. Utiliza-se duas
formas de dieta, através da restrição de FAL ou por meio de fórmula metabólica com
abundância em aminoácidos, mas privada de FAL. Com a utilização dos cuidados
dietoterápicos tem-se uma redução da quantidade de FAL na corrente sanguínea, evitando
danos neurológicos mantendo o consumo proteico adequado, suprindo assim as demandas do
crescimento. CONCLUSÃO: O nutricionista associado a uma equipe multiprofissional pode
agregar fatores importantes contribuindo para a segurança da intervenção no tratamento
precoce do recém-nascido.

Publicado
2018-05-11
Como Citar
OLIVEIRA, A. V. P. de, RODRIGUES, S., GONÇALVES, P. do C., & ABBUD, R. M. R. (2018). A RELEVÂNCIA DA TRIAGEM NEONATAL PARA O DIAGNÓSTICO PRECOCE E O TRATAMENTO NUTRICIONAL DE DOENÇAS COMO A FENILCETONÚRIA E A FIBROSE CÍSTICA. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 8(8). Recuperado de https://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path[]=2918