QUALIDADE DE VIDA E APOIO FAMILIAR NA PREVENÇÃO DO SUICÍDIO EM IDOSOS

  • Vanessa Mier RODRIGUES
  • Dalva Alice Rocha MÓL
Palavras-chave: Suicídio, Qualidade de Vida e Idoso, Prevenção suicídio

Resumo

As pessoas têm sentimentos e pensamentos prejudiciais sobre si e o ambiente que as rodeiam que potencialmente podem levar a ideias suicidas e são desconhecidas de todos, inclusive de seus familiares. Compreender os motivos que levam ao suicídio e principalmente a sua prevenção é de suma importância na área de saúde mental. O sujeito suicida em potencial deve receber auxílio e orientação pertinente para que possa repensar e até descobrir outras formas para enfrentar os conflitos que o assolam. Nessa perspectiva, acredita-se que o apoio familiar e a qualidade de vida são fatores que podem ajudar na prevenção do suicídio. Desse modo, o objetivo do presente estudo foi discutir, por meio da revisão integrativa, a qualidade de vida e apoio familiar na prevenção do suicídio em idosos. Os dados foram levantados utilizando a base de dados LILACS (Sistema Latino Americano e do Caribe de Informações em Ciência da Saúde). Foram utilizados como descritores “Suicídio” e “Idoso” e “Prevenção Suicídio Idoso”. Utilizou-se como critério de inclusão os artigos publicados entre 2010 a 2017, escrito na língua portuguesa. Por meio desta revisão concluiu-se que além dos bens materiais para os suprimentos de suas  necessidades básicas é fundamental que os idosos tenham autonomia e sintam-se amados, compreendidos e com sentimentos de pertencimento no meio  familiar.

Publicado
2018-09-20