HOSPITALIZAÇÃO: O ENFRENTAMENTO DAS CRIANÇAS COM CÂNCER

  • Gabriela Medina GARÉ
  • Eli Carine NEVES
Palavras-chave: Enfrentamento, Hospitalização Infantil, Câncer

Resumo

A hospitalização infantil é uma prática necessária na vida das crianças com câncer devido à intensidade da doença a internação se torna constante, exigindo do paciente longo tempo de permanência em instituições hospitalares. Desta forma, as crianças são submetidas a processos invasivos e desagradáveis tanto físico quanto emocional. Estas internações geram um grande impacto psicológico, sendo este um tema relevante para as famílias e os profissionais que trabalham com esta demanda. Diante tal realidade orientações psicológicas facilitam o enfrentamento da hospitalização e amenizam os impactos emocionais gerados. O presente estudo propõe conhecer os métodos e técnicas de intervenções eficazes durante o período da hospitalização de crianças com câncer O estudo realizado baseia-se na pesquisa integrativa com seleção de artigos em português. Utilizou-se de publicações eletrônicas em bases de dados do tipo LILACS (Sistema Latino Americano e do Caribe de Informações em Ciências e Saúde) com textos completos publicados no período entre 2007 a 2017. Observou-se por intermédio dos dados obtidos que o suporte psicológico para o enfrentamento da hospitalização facilitou a adesão ao tratamento por parte das crianças e que o uso de técnicas como entrevista motivacional, reestruturação cognitiva, relaxamento e atividades lúdicas contribuíram de forma significativa para a melhoria dos pacientes.

Publicado
2018-09-20