ESTRESSE DO ENFERMEIRO NO AMBIENTE DE TRABALHO E EVOLUÇÃO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL

  • Abigail Caroline de Souza de CARVALHO
  • Ana Letícia de Souza MAÇANEIRO
  • Edilaine Talita Strapasson dos SANTOS
  • Gabriel Camargo MACEDO
  • Silmara Barroso da SILVA
  • Giovani Ramos FLORES
  • Regina Celi Perez CUBO

Resumo

Em um mundo competitivo e globalizado, exigências profissionais aumentam com os avanços científicos e tecnológicos. Na área da enfermagem, processos de trabalho passam por incensáveis mudanças, promovem o desgaste a que pessoas são submetidas nos ambientes e nas relações com o trabalho determinando o surgimento de doenças como o estresse. Chama-se de estressor qualquer estímulo capaz de promover um conjunto de respostas orgânicas, relacionadas com mudanças fisiológicas. Estas respostas têm como objetivo adaptar o indivíduo à nova situação. Cita-se o estresse no trabalho como a combinação entre alta demanda de atividades laborais e baixo controle sobre as mesmas, aumentando em 30% a ocorrência de hipertensão arterial em diferentes grupos ocupacionais. A falta de trabalhadores de enfermagem tem levado à sobrecarga dos profissionais, ao mesmo tempo que a divisão técnica do trabalho e a relação conflitante com outras categorias do setor de saúde têm diminuído a autonomia e o poder decisório sobre o seu fazer, dessa forma, os profissionais de enfermagem são muito vulneráveis ao estresse no trabalho. Diante do exposto, este estudo objetivou analisar a associação entre estresse no trabalho e hipertensão arterial (HA) em profissionais de enfermagem. Para o alcance dos objetivos optou-se pela revisão de literatura realizado por meio da consulta eletrônica nas bases de dados da biblioteca virtual SCIELO Brasil e revistas científicas. Concluiu-se que a relação entre o estresse no trabalho e a HA em profissionais de enfermagem demonstra que as condições psicossociais aumentam a vulnerabilidade desses trabalhadores à ocorrência de uma doença de grande importância para a Saúde Pública brasileira: a hipertensão arterial.

Descritores: Enfermagem. Estresse. Hipertensão.

Publicado
2017-10-06