DIFICULDADES DA SUPERVISÃO E GERENCIAMENTO EM ENFERMAGEM

  • Fabrício Rota FRANÇA
  • Karine Eduarda de Alcantara CAMARGO
  • Thaise Lucimara Hauch de Oliveira BRAZ
  • Taise Jordão ZANZARINI

Resumo

A supervisão é compreendida como um processo contínuo de incentivo e promoção do
desenvolvimento de pessoal. O objetivo do presente estudo foi identificar e descrever as
dificuldades no processo de supervisão de enfermagem. Trata-se de um estudo descritivo de
revisão da literatura, para a coleta de dados foram utilizados a técnica das três leituras:
exploratória, interpretativa e seletiva. Foi possível identificar algumas situações que podem
interferir no desenvolvimento da supervisão, como: filosofia incompatível com
desenvolvimento da equipe e relacionamento interpessoal; política de trabalho focada nas
tarefas e que não estimula a participação da equipe nas decisões e organização dos processos
de trabalho; inadequação dos recursos físicos, materiais e financeiros; política social
desfavorável promovendo elevado índice de absenteísmo e rotatividade de pessoal; equipe não
satisfeita e desmotivada; conflito entre objetivos organizacionais e individuais; despreparo do
agente supervisor; excesso de solicitação dos enfermeiros pela divisão gerência de enfermagem,
mantendo os enfermeiros distantes das unidades de trabalho. Cabe, portanto, ao supervisor,
motivar e orientar os supervisionados na execução de atividades visando à qualidade do serviço
prestado.

Publicado
2017-10-05