ASPECTOS MEDIADORES E DESENCADEADORES DA SÍNDROME DE BURNOUT NOS COLABORADORES DE ENFERMAGEM

  • Andreza Alves PRONI
  • Angelita Arantes da SILVA
  • Luciana PEREIRA
  • Thaisa Fernanda Queiroz de SOUZA

Resumo

Introdução: A Síndrome de Burnout (SB) tem sido considerada como um problema social de
extrema relevância e encontra-se associada a vários tipos de disfunções pessoais, sendo
caracterizadas como problemas psicológicos e físicos nos colaboradores da saúde. Objetivo:
Descrever a respeito dos aspectos mediadores e desencadeiam da Síndrome de Burnout em
colaboradores da Enfermagem. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo do tipo pesquisa
bibliográfica, o qual para o desenvolvimento da pesquisa e alcance dos objetivos propostos,
optou-se por pesquisa em artigos científicos, nas bases de dados LILACS (Sistema Latino
Americano e do Caribe de Informações em Ciências da Saúde); SCIELO (Scientific Eletronic
Library Online); e BDENF (Base de Dados da Enfermagem), com pesquisa dos descritores:
Ler; Enfermagem; Saúde do Trabalhador. Resultados: Diante dos resultados encontrados nas
pesquisas realizadas em artigos científicos, infere-se que a Síndrome de Burnout (SB), é
caracterizada por excessiva carga de trabalho de colaboradores da saúde, já que estes
apresentam um grande contato com situações limitantes, altos níveis de tensão e exposições à
diversos riscos que expõe a saúde do colaborador. Conclusão: Entretanto, infere-se que a SB
vem sendo identificada com grande frequência na equipe de enfermagem desencadeando
alterações mentais, físicos e sociais de modo que venha interferir na qualidade de vida destes
colaboradores da saúde.

Publicado
2017-10-05