DOENÇAS PREVALENTES NA TERCEIRA IDADE NO MUNICÍPIO DE SANTA FÉ DO SUL-SP

  • Ana Letícia MARCHI Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul
  • Jéssica Tavares de Lira GOMES Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul
  • Natan Thierri Lima Café SANTOS Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul
Palavras-chave: Envelhecimento. Doenças coexistentes. Prevenção.

Resumo

O envelhecimento é um fenômeno universal, normal e natural, sendo resultante não apenas de fatores biológicos, mas influenciado por múltiplos fatores tais como ambientais, sociais, hábitos cultivados ao longo da vida. Pessoas idosas são acometidas por doenças e agravos que requerem acompanhamento constante, pois, em razão de sua natureza, não têm cura. Essas condições crônicas tendem a se manifestar de forma expressiva e, frequentemente, podem gerar um processo incapacitante, afetando a funcionalidade da população idosa, ou seja, dificultam ou impedem o desempenho de suas atividades cotidianas de forma independente. Ainda que não sejam fatais, essas condições geralmente tendem a comprometer de forma significativa a qualidade de vida dos idosos, o que acaba por tornar relevante o referido estudo. Assim, o presente estudo tem como objetivo verificar as doenças que mais acometem essa população e quais são as formas de controle e prevenção no município de Santa Fé do Sul. Trata-se de uma pesquisa documental com levantamento de dados colhidos no Banco Nacional de Dados do Ministério da Saúde, DATASUS. Diante dos dados epidemiológicos relativos à população maior de 60 anos do município de Santa Fé do Sul/SP, foi possível observar o acompanhamento do movimento nacional do crescimento do envelhecimento, altos índices de doenças crônicas, a se destacar o aparelho cardiovascular. Porém os planejamentos de saúde nos âmbitos federal, estadual e municipal já se organizam em ações e estratégias de prevenção aos fatores de risco e promoção de hábitos de vida saudável, encontrando assim a relevante atuação multidisciplinar.

Referências

BRASIL. Ministério Da Saúde. Atenção à saúde da pessoa idosa e envelhecimento. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Série Pactos pela Saúde, v 12.

______. Ministério Da Saúde. DATASUS - Departamento de Informática do SUS. 2008. Disponível em: Acesso em: 26 de setembro de 2014.

______. Ministério Da Saúde. DATASUS - Departamento de Informática do SUS. 2007. Disponível em: Acesso em: 26 de setembro de 2014.

______. Ministério Da Saúde. DATASUS - Departamento de Informática do SUS. 2015. Disponível em: Acesso em: 10 de setembro de 2015.

______. Ministério da Saúde. DATASUS - Departamento de Informática do SUS. 2010. Disponível em: Acesso em: 10 de setembro de 2015.

______. Ministério Da Saúde. DATASUS - Departamento de Informática do SUS. 2011. Disponível em: Acesso em: 26 de setembro de 2014.

GIL, A. C. Como elaborar projeto de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Editora Atlas Editora Atlas, 2010.

RUWER, S. L. et al. Equilíbrio no idoso. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, v.71, n.3, parte 1, 2005. Disponível em: . Acesso em: 11 de outubro de 2014.
Publicado
2017-03-24