AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA À FRATURA DE PINOS DE FIBRA DE VIDRO CIMENTADOS COM CIMENTO RESINOSO DE ALTO CONTEÚDO DE CARGA

  • Francielly da Silva CAMIM
  • Rafael Massunari MAENOSONO
Palavras-chave: Resistência. Fratura. Núcleos

Resumo

Um novo cimento resinoso com alto conteúdo de carga (AllCem Core, FGM) foi introduzido na odontologia tanto para a cimentação de pinos de fibra de vidro, quanto para a confecção de núcleos de preenchimento, no entanto, a resistência à fratura do conjunto ainda não está bem estabelecida na literatura. O objetivo deste trabalho laboratorial foi determinar quantitativamente a resistência à fratura de pinos de fibra cimentados com este cimento resinoso de alto teor de carga com duas técnicas: Diretamente cimentada (FV) ou Núcleo Anatômico Resinoso (AR). Vinte dentes bovinos tratados endodonticamente foram preparados para cimentação (n=10) por meio de ambas as técnicas. Na sequência, a resistência à fratura foi avaliada em uma máquina universal de ensaios. Os dados foram submetidos ao teste ANOVA a um critério, seguido pelo teste de Tukey (p<0,05). Valores médios ± desvio padrão de FV e AR foram, respectivamente, 869,30 ± 236.17N e 816,91 ± 240,10N. Não foram observadas diferenças entre os grupos avaliados. Pode-se concluir então que a técnica de cimentação não interferiu na resistência à fratura de pinos de fibra cimentados com cimento resinoso de alto teor de carga.

Referências

GUIOTTI, F. A. et al. Visão contemporânea sobre pinos anatômicos. Arch Health Invest. v. 3, n. 2, p. 64-73, 2014.

ISHIKIRIAMA, S. K. et al. Influence of Volume and Activation Mode on Polymerization Shrinkage Forces of Resin Cements. Brazilian Dental Journal. v. 24, n. 4, p. 326-329, 2013.

MEZZOMO, E.; MASSA, F. Restauração de dentes pré-coroa protética – núcleos e pinos. In: MEZZOMO, E.; SUZUKI, R. (Ed.). Reabilitação oral contemporânea. São Paulo: Santos, 2006. p.513-577.

SÁ, T.C.M.; AKAKI, E.; SÁ, J.C.M. Pinos estéticos: qual o melhor sistema? Arquivo Brasileiro de Odontologia, v. 6, n. 3, p. 84, 2010.

SHILLINGBURG, H. T.; HOBO, S.; WHITSETT, L.D.; JACOBI, R.; BRACKETT, S. E. Fundamentals of fixed prosthodontics: restoration of endodontically treated teeth. 3.ed. Carol Stream, IL: Quintessence Publishing. cap. 13, p.194-206, 1997. Disponível em: . Acesso em: 27 mar. 2015.

SILVA, N. R. et al. The effect of post, core, crown type, and ferrule presence on the biomechanical behavior of endodontically treated bovine anterior teeth. J Prosthet Dent. v.10, p.1, 2010.

STRUB, J. R.; PONTIUS, O.; KOUTAYAS, S. Survival rate and fracture strength of incisors restored with different post and core systems after exposure in the artificial mouth. J Oral Rehabil. v.28, p.120-4, 2001.

WATTS, D. C. Reaction kinetics and mechanics in photo-polymerised networks. Dent Mater, v. 21, n. 1, p. 27-35, 2005.

ZICARI, F. et al. Effect of ferrule and post placement on fracture resistance of endodontically treated teeth after fatigue loading. J Dent., v.41, p. 15, 2013.
Publicado
2017-03-16
Seção
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 3 > >>