A POLÍTICA PÚBLICA NO CONTROLE E REGULAMENTAÇÃO DAS DROGAS

  • Laiz Ribeiro dos SANTOS
  • Rosiane Barboza MARANGAO
  • Gabriela Lima BRAGUINI
  • Miriã Beio DUARTE
  • Regina Maria de SOUZA

Resumo

INTRODUÇÃO: O trabalho discorre acerca das políticas públicas e o controle da regulamentação do uso de drogas, com o objetivo de conceituar as drogas e fatores que induzem o consumo, analisando os entorpecentes sob a ótica jurídica, além de prevenção e formas de recuperação ao uso de drogas. OBJETIVO: Apresenta como objetivo central realizar um estudo sobre drogas, conceituando e diferenciando as lícitas, ilícitas, sintéticas e naturais; informar o impacto que as mesmas exercem na atividade cerebral, agindo de maneira depressora, estimulante ou de forma perturbadora. METODOLOGIA: O trabalho foi realizado por meio de revisão de literatura como: pesquisa em sites, livros e revistas de referências para a área em estudo. RESULTADO: Diante do exposto ao longo do artigo é possível concluir que o tema prevenção as drogas, apresenta grande relevância de estudo no contexto atual. CONCLUSÃO: É possível concluir que a legislação foi se aprimorando ao reconhecer o usuário de drogas como doente, alterando suas leis de forma a dar enfoque á prevenção e ao tratamento. O uso de drogas não deixou de ser crime, apesar de ser abordado como uma questão de saúde pública, o indivíduo que infringir a lei nesse sentido responderá a um processo criminal, que não culminará em pena privativa de liberdade, sofrerá este pena mais branda, buscando sua conscientização.
Publicado
2017-08-04
Como Citar
SANTOS, Laiz Ribeiro dos et al. A POLÍTICA PÚBLICA NO CONTROLE E REGULAMENTAÇÃO DAS DROGAS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FUNEC, [S.l.], v. 7, n. 7, ago. 2017. ISSN 2318-745X. Disponível em: <http://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path%5B%5D=2663>. Acesso em: 26 set. 2017.