SEGURANÇA DO TRABALHO NAS ORGANIZAÇÕES: UMA ANÁLISE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES EM UMA ESCOLA TÉCNICA DA REGIÃO NOROESTE PAULISTA

  • Emily Caroline Pereira de SOUSA
  • Mateus Montanari ESCATOLIM
  • Erica Fernanda Pereira de ANDRADE
Palavras-chave: Organização, Segurança no trabalho, Cipa

Resumo

INTRODUÇÃO: O constante progresso e o aumento da utilização de máquinas nos mais diversos setores da indústria proporcionou uma evolução que implementou significativas mudanças na forma de gerir pessoas. As empresas passaram a ser cobradas de maneira mais direta com relação a segurança de seus recursos humanos, e seu comprometimento social, sendo obrigadas a implantar um programa eficiente de segurança no trabalho que proteja e conscientize seus colaboradores. Como órgão regulador surge a legislação que exige a composição de um Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). OBJETIVO: O objetivo deste estudo é apresentar uma análise sobre a implantação da CIPA em uma escola técnica da Região Noroeste Paulista. METODOLOGIA: Para tanto foi realizada uma revisão bibliográfica sobre o tema e na sequência um estudo de caso em uma escola técnica da região Noroeste Paulista, cuja escolha se deu pela mesma ter implantado recentemente um programa de segurança no trabalho e CIPA. O instrumento de coleta de dados utilizado foi a entrevista e o respondente foi escolhido por ser o diretor da implantação do programa. RESULTADO: Entende-se que a falta de conhecimento técnico necessário é um dos maiores problemas encontrados para o profissional realizar com êxito a implantação de um programa de segurança CONCLUSÃO: Concluindo que um programa de segurança no trabalho é uma necessidade real para manutenção dos recursos mais importantes de uma organização, as "pessoas", porém a complexidade falta de conhecimento técnico e custo limita essa implantação apresentando grandes dificuldades aos gestores conforme caso relatado na empresa estudada.
Publicado
2017-08-04