A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE DE ESTOQUE PARA AS ORGANIZAÇÕES

  • Lucas Dalponti de CARVALHO
  • Antonio Marcos GOMES
Palavras-chave: Controle de estoques, Gestão de estoques, Organizações

Resumo

INTRODUÇÃO: Fala-se em redução de custos e melhor aproveitamento dos recursos utilizados pelas organizações, considerando sua escassez. A melhor maneira de controlar recursos da organização é através da boa gestão de estoque, pois este bem gerido, traz riqueza, e quando não, prejuízo. OBJETIVO: Esclarecer e relatar a importância da gestão e controle do estoque para as organizações. METODOLOGIA: A elaboração deste, foi realizada através da revisão bibliográfica. RESULTADO: Gerir estoques merece cuidados especiais. Operacionalmente permite economia na produção regulando as diferenças de ritmo entre fluxos principais da empresa. Estoques podem ser compostos de materiais em processamento, materiais semi-acabados, produtos acabados, estes que por vez precisam existir em função de futuras necessidades do mercado. Gerir estoques é uma função da administração de materiais, com grande relevância nos custos financeiros da empresa, implicações concentradas em aplicações técnicas e científicas da utilização dos processos de compra, armazenamento e movimentação de materiais e distribuição dos produtos acabados para o alcance das metas gerenciais e financeiras desejadas. Os estoques devem funcionar como reguladores do fluxo de materiais nas empresas, pois a velocidade com que chegam é diferente da velocidade que saem ou são consumidos na empresa, portanto são controlados otimizando investimentos, estimando produção e vendas. CONCLUSÃO: Controle de estoque pode ser considerado o alicerce financeiro para a produção, é através da boa gestão que a empresa garante bons preços, além de proporcionar, sincronia entre produção, venda e entrega do produto para o cliente, logicamente com custos enxutos.
Publicado
2017-08-03