A ADVOCACIA PÚBLICA COMO UMA FUNÇÃO INDISPENSÁVEL À SOCIEDADE E SUA ESTRUTURAÇÃO NO CONTEXTO ATUAL DO PAÍS: ESTERIÓTIPOS, RESPONSABILIDADES E DEVERES DO ADVOGADO PÚBLICO

  • Priscila Campanela ZONTA
  • Bruna Loybia Alves BAZZANINI
  • Milena Fachini MACHADO
  • Regina Maria de SOUZA

Resumo

INTRODUÇÃO: O tema desenvolvido neste artigo é extremamente relevante para estudo, mormente porque o assunto tratado tem sido alvo constante de discordâncias, o que resulta na construção de um estereótipo social que funciona como um impedimento na consolidação da Advocacia Pública no Brasil. OBJETIVO: O objetivo central deste trabalho é realizar um estudo acerca da Advocacia Pública no Brasil e conceituar suas funções e sua organização. Além disso, analisar as responsabilidades dos Advogados Públicos e sua distinção com o ramo da Defensoria Pública. METODOLOGIA: O presente artigo tem como base a pesquisa bibliográfica, com predomínio de leitura interpretativa e crítica de artigos, leis, livros, doutrinas e cartilhas referentes ao assunto tratado. RESULTADO: Diferentemente da maneira como a sociedade enxerga a Advocacia Pública no país, a sua real finalidade é e sempre será, antes de qualquer outra coisa, a defesa da ordem jurídica, e não dos interesses individuais daqueles que ocupam, de uma maneira provisória, o poder. CONCLUSÃO: Diante do estudo, foi possível concluir que a Advocacia Pública forma uma estrutura coordenada, um pilar da Justiça, em prol de um bem maior coletivo, e isso é visivelmente notório na atualidade em contextos sociais e políticos, devido às suas funções e especializações, assegurando, assim, a desenvoltura da Administração Pública e a defesa judicial de conflitos.
Publicado
2017-08-03
Como Citar
ZONTA, Priscila Campanela et al. A ADVOCACIA PÚBLICA COMO UMA FUNÇÃO INDISPENSÁVEL À SOCIEDADE E SUA ESTRUTURAÇÃO NO CONTEXTO ATUAL DO PAÍS: ESTERIÓTIPOS, RESPONSABILIDADES E DEVERES DO ADVOGADO PÚBLICO. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FUNEC, [S.l.], v. 7, n. 7, ago. 2017. ISSN 2318-745X. Disponível em: <http://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path%5B%5D=2588>. Acesso em: 23 set. 2017.