PESQUISA DE MICRO - ORGANISMO EM SUPERFÍCIES INANIMADA EM DIFERENTES SETORES DO HOSPITAL

  • Elena Carla Batista MENDES
  • Janaina Marin da SILVA
  • Daniela Gomes de PÁDUA
  • Raphael Vinícius Soares da SILVA
  • Carmem Costa MARTINS
Palavras-chave: Superfícies inanimadas, Infecção cruzada, Infecção hospitalar

Resumo

INTRODUÇÃO: A principal via de transmissão de microrganismo dentro de um hospital é feita pelas mãos dos profissionais de saúde e paciente, não descartando a participação de fontes ambientais, como superfícies, equipamentos e vestuários. As superfícies inanimadas dos diferentes setores são fontes de patógenos e representa um desafio para a prevenção de infecção relacionada a saúde. OBJETIVO: O presente estudo teve como objetivo realizar análise microbiológica da superfície inanimada de diferentes setores do hospital. METODOLOGIA: O estudo foi composto por mobiliário dos setores como Unidade de Terapia Intensiva, Clínica Cirúrgica, Clínica Médica, Maternidade e Unidade de Pronto Atendimento de um hospital de médio porte. A amostra foi composta por mesa de evolução clínica e bancada de preparação de medicamentos. As coletadas foram por meio de swab estéril embebido em solução salina estéril a 0,9% e inoculadas nos meios Agar triptecaseina soja Agar sabouraud e incubada a 37ºC por 24 - 48 horas. Após este período foram realizadas a contagem a avaliação das características das colônias. RESULTADO: Todas as mesas de evolução clínica e bancada de preparação de medicamentos dos setores avaliados apresentam mesófilos totais/UFC. Constatou-se presença de vários microrganismos patogênicos. CONCLUSÃO: Nota-se que não houve diferença de contaminação entre os setores avaliados, necessitando que a equipe de enfermagem realize com mais frequência a limpeza e desinfecção dessas superfícies.
Publicado
2017-08-03