INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA

  • Bruno Mateus Silva de SOUZA
  • Antonia Aparecida Florencio KUMAGAE
  • Aruany Velozo Piemonte de OLIVEIRA
  • Ana Paula da CUNHA
  • Letícia Bertoldi SANCHES
Palavras-chave: Insuficiência renal crônica, Cuidado nutricional

Resumo

INTRODUÇÃO: A Insuficiência Renal Crônica (IRC) é a perda lenta e progressiva do funcionamento dos rins, gerando acúmulo de líquidos e resíduos tóxicos no organismo. Essa doença afeta a maioria dos sistemas e funções do corpo, inclusive a produção de glóbulos vermelhos, o controle da pressão arterial, a quantidade de vitamina D e a saúde dos ossos. Para reduzir o risco de ocorrência da doença e o impacto causado pela IRC, observa-se que os cuidados nutricionais são de fundamental importância. OBJETIVO: O objetivo do estudo foi avaliar a importância do tratamento nutricional adequado na IRC. METODOLOGIA: Foi realizada uma revisão de literatura atual, destacando os principais pontos sobre a importância da nutrição na IRC, bem como dietas específicas relacionadas ao controle proteico e práticas alimentares adequadas. RESULTADO: A literatura ressalta a importância do tratamento nutricional como medida preventiva no cuidado ao paciente com IRC. Uma das abordagens terapêuticas mais praticadas é uma dieta com controle proteico, acompanhada do controle de ingestão de minerais (sódio, potássio e fósforo), que podem manter o equilíbrio, diminuindo a progressão da doença e dos agravos causados à saúde do portador. Desta maneira, nota-se que o nutricionista desempenha papel primordial no planejamento de estratégias que contribuem para a efetiva mudança no comportamento alimentar e na adesão ao tratamento. CONCLUSÃO: Conclui-se com essa pesquisa, que seguindo adequadamente as orientações de tratamento, o paciente portador de IRC poderá reduzir os efeitos da doença em seu organismo e assim ter uma qualidade de vida aumentada.
Publicado
2017-08-02