APLICAÇÃO TÓPICA DE OXIGÊNIO (TWO2) EM FERIDA DE PERNA

  • Karine Eduarda da Silva OLIVEIRA
  • Sabrina Santos FEITOSA
  • Cacilda Barbosa VENANCIO
  • Carmem Costa MARTINS
Palavras-chave: Ferida, Oxigênio, Cicatrização, Úlcera

Resumo

INTRODUÇÃO: As feridas crônicas são geralmente associadas à uma ausência absoluta e relativa de oxigênio. A aplicação tópica de oxigênio representa um importante substrato para os mecanismos de reparação tecidual bem como representa um papel fundamental nos processos de respostas antibacterianas. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi descrever sobre aplicação tópica de oxigênio em ferida de perna. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo descritivo de revisão de literatura, utilizando-se da leitura exploratória, seletiva e interpretativa. RESULTADO: A aplicação tópica de oxigênio é uma terapia relativamente nova, que proporciona aplicação de oxigênio pressurizado umidificado, diretamente num local específico para conseguir a penetração nos tecidos e os aumentos dos níveis de oxigênio nos leitos da ferida. O oxigênio tópico aumentam os níveis de oxigênio numa profundidade de 2 mm para dentro do leito da ferida, estimulando formação de novos vasos sanguíneos, síntese, maturação e deposição de colágeno, levando a uma maior resistência à tração e diminuindo a recorrência da ferida. Ocorrendo concomitantemente a redução do edema dos membros inferiores, o que contribui para cicatrização. CONCLUSÃO: O tratamento com recurso a terapia de aplicação de oxigênio tópico apresenta, ainda, em nível dos serviços nacionais de saúde, uma disponibilidade restrita, necessitando ser difundido na prática clínica e realizar treinamento com os profissionais da saúde.
Publicado
2017-07-31