A QUALIDADE DE VIDA DO PORTADOR DE SÍNDROME DE DOWN: REVISÃO INTEGRATIVA

  • Carla Pâmela HERCULANO
  • Fabieli Ferreira TEODOSIO
  • Maria Damiao Beijamindo NASCIMENTO
  • Thaisa Fernanda Queiroz de SOUZA
Palavras-chave: Síndrome de down, Enfermagem, Qualidade de vida

Resumo

INTRODUÇÃO: Referente à interação social do portador de Síndrome de Down, infere que a mesma passa por um processo de transição, entre a participação da família, e os cuidados, visando a contenção do comportamento, e incorporação de novos princípios, os quais buscam adequar-se a uma prática interdisciplinar, aberta ao aprendizado e a inserção dos sujeitos envolvidos em cada momento e em cada contexto, superando as perspectivas de suas ações. OBJETIVO: Estudar principais fatores que colaboram para a qualidade de vida do portador de Síndrome de Down. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo descritivo do tipo pesquisa bibliográfica, o qual para o desenvolvimento da mesma e alcance dos objetivos proposto optou-se por pesquisa em artigos científicos do ano de 2006 a 2016. RESULTADO: Apesar dos diferentes níveis de desenvolvimento, suas diferenças físicas e a dificuldade de se adaptarem na sociedade, os portadores da síndrome  possuem capacidade para obter uma vida com qualidade, tendo em vista que a  ajuda da família e a capacitação de profissionais qualificados torna-se mais fácil a inserção deles na sociedade, e faz com que os próprios deficientes acreditem em si mesmo, criando expectativas em relação ao seu desenvolvimento CONCLUSÃO: O apoio dos familiares é a melhor forma do portador ter um desempenho satisfatório, porém é necessário que a família tenha conhecimento sobre a doença, e acesso a programas de saúde, para que estimule o crescimento e desenvolvimento, garantindo assim qualidade de vida ao portador de Síndrome de Down.
Publicado
2017-07-25