A IMPORTÂNCIA DO IODO DURANTE O PERÍODO GESTACIONAL

  • Thalía Cristina RAPOSO
  • Cinthia Bonfim DIAS
  • Caroline TEODORO
  • Melina Ciriaco Gonçalves de OLIVEIRA
  • Elisandra de Mello DÉO

Resumo

INTRODUÇÃO: O iodo é um mineral fundamental para o bom funcionamento do organismo humano. Sua principal função é participar da formação dos hormônios tireoidianos, que são indispensáveis ao desenvolvimento do organismo. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi analisar os benefícios do iodo durante a gestação, tanto à mãe quanto ao feto, visando a importância do profissional nutricionista na adequação do mineral. METODOLOGIA: Para isso foram realizadas revisões em artigos científicos, como base de dados eletrônicos impressos sobre a importância do iodo durante o período gestacional. RESULTADO: O iodo desempenha um papel central no funcionamento da glândula tireoide, que por sua vez regula o funcionamento do metabolismo. Durante o período gestacional, além do metabolismo, ajuda no desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso central do feto, contribuindo assim, para a diminuição do risco de deficiência cognitiva e danos cerebrais congênitos. O acompanhamento do profissional nutricionista se faz necessário para a adequação desse mineral na dieta, para isso, é fundamental o consumo, principalmente, de alimentos de origem marinha, como peixes, frutos do mar e mariscos. Todavia, se houver um déficit de iodo, é essencial que o médico ou nutricionista prescreva a suplementação, preservando a saúde da gestante e do bebê. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que a carência de iodo interfere no desenvolvimento fetal e na saúde da gestante, pois a glândula tireoidiana não conseguirá produzir quantidades suficientes de hormônios com um déficit desse mineral, sendo assim, o acompanhamento nutricional é essencial para que se mantenham os níveis adequados desse mineral.
Publicado
2017-07-25
Como Citar
RAPOSO, Thalía Cristina et al. A IMPORTÂNCIA DO IODO DURANTE O PERÍODO GESTACIONAL. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FUNEC, [S.l.], v. 7, n. 7, jul. 2017. ISSN 2318-745X. Disponível em: <http://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=forum&page=article&op=view&path%5B%5D=2467>. Acesso em: 24 set. 2017.