ESTUDO DA DUREZA DE RESINAS ORTODÔNTICAS FOTOPOLIMERIZÁVEIS

  • Michela Melissa Duarte Seixas SOSTENA Fundação Municipal de Educação e Cultura - Funec
  • João Carlos Silos MORAES Professor Titular do Departamento de Física e Química da Unesp/Ilha Solteira,
  • José Carlos BARBOSA Professor Titular do Departamento de Ciências Exatas da UNESP/Jaboticabal
  • Alailson Domingos dos SANTOS Fundação Municipal de Educação e Cultura - Funec

Resumo

O estudo da dureza de resinas odontológicas é de grande importância, pois permite a caracterização destes materiais quanto às suas propriedades mecânicas. Este estudo teve como objetivo avaliar a dureza das resinas Fill Magic, Transbond XT e Ortho Lite Cure. As resinas ortodônticas Fill Magic Ortodôntico, Ortho Lite Cure e Transbond XT foram submetidas a ensaios mecânicos de microdureza Vickers, variando-se a fonte de luz, o tempo de exposição à luz e o meio de armazenamento. As resinas Ortho Lite Cure e Transbond XT apresentaram melhores resultados de microdureza. Observou-se que as características estruturais dos materiais foi fator relevante nos resultados obtidos. A densidade de potência da fonte de luz influenciou nos resultados de dureza. Não houve diferenças significativas nos resultados segundo o meio de armazenamento.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Graduada pela Faculdade de Odontologia de Araçatuba- Unesp (1997). Mestrado com desenvolvimento e pesquisa em materiais odontológicos. Doutorado com desenvolvimento em materiais odontológicos. Tem experiência na área de odontologia, na clínica odontológica, no ensino, na pesquisa de materiais odontológicos. Atua em clínica geral, odontopediatria, ortodontia e periodontia. Atuando nos seguintes temas: ciências ligadas à saúde, educação, odontologia, materiais odontológicos, ortodontia, odontopediatria.
##submission.authorWithAffiliation##
Possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1979), mestrado em Física pela Universidade Estadual de Campinas (1986) e doutorado em Física pela Universidade Estadual de Campinas (1992). Pós-Doutorado na Universidade de Pisa (1995) e no NIST-Boulder-USA (1999). Atualmente é professor Titular na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Ilha Solteira. Tem experiência na área de Ciência dos Materiais e os principais interesses é investigar as propriedades físico-químicas de biomateriais e estruturais, térmicas e espectroscópicas de materiais vítreos a base de TeO2.
##submission.authorWithAffiliation##
Professor Titular do Departamento de Ciências Exatas da UNESP/Jaboticabal, jcbarbosa@fcav.unesp.br

Referências

1. Asmussen E. Restorative resins: hardness and strength vs. quantity of remaining double bonds. Scand j dent res. 1982: 90, 484-9.
2. Ferracane JL. Correlation between hardness and degree of conversion during the setting reaction of unfilled dental restorative resins. Dent mater. 1985: 1, 11-14.
3. DeWald JP, Ferracane JL. A comparison of four modes of evaluating depth of cure of light-activated composites. J. dente res. 1987; 66(3):727-730.
4. Sostena, MMDS. Influência da umidade, temperatura e tempo de irradiação sobre propriedades físicas de resinas compostas usadas na ortodontia [tese]. Ilha Solteira: Faculdade de Engenharia, Universidade Estadual Paulista; 2009. 156 f.
5. Bowen RL. Properties of silica reinforced polymer of dental restorations. J am dent assoc. 1963; 1(66):57-64.
6. Neves AD, Discacciati JAC, Oréfice RL, Jansen WC. Correlação entre grau de conversão, microdureza e conteúdo inorgânico em compósitos. Pesqui odontol bras. 2002;16(4):349-354.
7. Rocha RSF. Estudo de propriedades físico-químicas de resinas odontológicas: grau de conversão, dureza e expansão térmica [dissertação]. Ilha Solteira: Faculdade de Engenharia, Universidade Estadual Paulista, 2006. 74 f.
8. Pinheiro LS. Avaliação da influência dos fotoativadores (Halógena e LED) na dureza superficial de compósitos odontológicos [dissertação]. Rio de Janeiro: Faculdade de Odontologia, Universidade Veiga de Almeida; 2005. 148 f.
9. Abate PF, Zahra VN, Macchi RL. Effect of photopolymerization variables on composite hardness. The Journal of Prosthetic Dentistry. 2001;86(6): 632-635.
10. Coffey O, Ray NJ, Lynch CD, Burke FM, Hannigan A. In vitro study of surface microhardness of a resin composite exposed to a quartz-halogen lamp. Quintessence int. 2004; 35(10):795-800.
11. Alves BE. Efeito de técnicas de fotoativação na adaptação marginal e dureza Knoop de um compósito restaurador fotoativado por três fontes de luz [tese]. Piracicaba: Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual de Campinas, Piracicaba; 2005. 121 f.
12. Discacciati JAC, Neves AD, Oréfice RL, Pimenta FJGS, Sander HS. Effect of light intensity and irradiation time on the polymerization process of a dental composite resin. Materials Research. 2004;7(2):313-318.
13. Herbstrith Segundo RM, Mota EG, Oshima HMS, Balbinot CE, Bondan J, Coelho LFB. Influência do método de polimerização na microdureza de compósitos microhíbridos armazenados em água destilada. Rev odonto cienc. 2007; 22(58):317-320.
14. Mesquita RV, Geis-Gerstorfer J. Influence of temperature on the visco-elastic properties of direct and indirect dental composite resins. Dent mater. 2008; (24):623-632.
15. Webster MJ, Nanda RS, Duncanson MG, Khajotia SS, Sinha PK. The effect of saliva on the shear bond strengths of hydrophilic bonding systems. Am j orthod dentofacial orthop. 2001;119 (1): 54-58.
16. Peutzfeldt A. Resins composites in dentistry: the monomer systems. Eur j oral sci. 1997; (105): 97-116.
17. Guimarães FBR, Gomes HR, Fonseca RS, Barros LM, Marino VA, Freitas ABDA. Influência do tempo de fotopolimerização de diferentes resinas compostas na sorpção de água. Rev odonto ciênc. 2008; 23(1): 67-71.
18. Ferracane JL, Berge HX, Condon JR. Vitroaging of dental composites in water: effect of degree of conversion, filler volume, and filler/matrix coupling. Biomed Mater Res. 1998;(42): 465-472.
19. Calais JG, Söderholm KJM. Influence of type and water exposure on flexural strength of experimental composite resins. J Dent Res. 1988; 67(5): 836-840.
Publicado
2017-06-30
Como Citar
SOSTENA, Michela Melissa Duarte Seixas et al. ESTUDO DA DUREZA DE RESINAS ORTODÔNTICAS FOTOPOLIMERIZÁVEIS. REVISTA FUNEC CIENTÍFICA - ODONTOLOGIA - ISSN 2526-9682, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 3-14, jun. 2017. ISSN 2526-9682. Disponível em: <http://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=RFCO&page=article&op=view&path%5B%5D=http%3A%2F%2Fseer.funecsantafe.edu.br%2Findex.php%3Fjournal%3DRFCO%26page%3Darticle%26op%3Dview%26path%255B%255D%3D2407>. Acesso em: 25 set. 2017. doi: https://doi.org/10.24980/rfco.v1i1.2407.