OS FILHOS DIANTE DA SEPARAÇÃO CONJUGAL

UMA VISÃO PSICOLÓGICA

  • Jéssica Caroline Meschiari da SILVA
  • Alexandre dos SANTOS
Palavras-chave: Separação, Litígio, Saúde mental, Psicologia

Resumo

Esta pesquisa de cunho descritivo bibliográfico tem o objetivo de investigar o impacto da separação conjugal na saúde mental dos filhos e como a atuação do psicólogo tem extrema importância em situações como essa. A separação tem sido cada vez mais comum na vida das pessoas, principalmente para os filhos. A família é o principal suporte do ser humano, quando corrompida gera prejuízos físicos e principalmente psicológicos, e os mais agredidos com essa situação são os filhos, que se submetem ao fato de viver com apenas um dos genitores enquanto a convivência com o outro é limitada. É importante que os pais saibam comunicar aos filhos como vão prosseguir com suas vidas e como as decisões sobre os mesmos são realizadas. Desta forma a psicologia trabalha atuando desde o entendimento da separação dos pais, distribuição de visitas e análises para concluir quem virá a ser o responsável pelo filho.
Publicado
2017-04-03