O ESTRESSE EM PROFISSIONAIS DA ENFERMAGEM

  • Daniela Aparecida Martins de PAULA
  • Cristiane Caroline Fernandes ROMERO
  • Denise Rossi Foresto DEL COL
Palavras-chave: Estresse ocupacional, Psicologia, Enfermagem

Resumo

O estresse ocupacional é um processo em que fatores estressores relacionados ao trabalho afetam o trabalhador de forma individual ultrapassando suas habilidades de enfrentamento que pode gerar reações desagradáveis. O presente estudo tem por objetivo apresentar como ocorre o estresse ocupacional na prática profissional da enfermagem. Utilizou-se da pesquisa bibliográfica narrativa descritiva. As profissões da saúde que prestam assistência à população possuem maior probabilidade de desenvolver um quadro de estresse ocupacional. O estresse pode causar vários danos aos indivíduos tal como físico e mental. Em decorrência desse processo o profissional da enfermagem poderá ter reflexos na vida pessoal e profissional. Diante do trabalho exposto pode-se perceber que o estresse ocupacional pode afetar o relacionamento interpessoal no ambiente de trabalho e ainda, a produtividade do profissional que não conseguirá prestar um serviço de qualidade. Consequentemente causar prejuízos ao próprio indivíduo, e a organização sejam pelo elevado índice de absenteísmo, pela queda da produtividade, ou pelo serviço de má qualidade prestado. 
Publicado
2017-04-03