A FAMÍLIA EM CISÃO E A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL

  • Andrea Rol da Rocha VICENTIN
  • Gleimes Alexandre Evangelista AMORIM
  • Carlos de Paula PORTELA

Resumo

A Síndrome de alienação parental (SAP) é uma campanha difamatória realizada através da criança influenciada consciente ou inconscientemente por um genitor contra o outro genitor, com a finalidade de obter a preferência do filho onde, a regulação de poder paternal está em disputa. A proposta deste trabalho configura-se em expor aspectos relativos à síndrome de alienação parental, sendo realizado através de pesquisa narrativa descritiva bibliográfica, cujo objetivo é de abordar os comportamentos obtidos durante o processo de memorização do alienado, envolvendo memórias falsas e lavagem cerebral, descrever a possível identificação do alienador e as principais consequências psicológicas na criança. Estão relacionados neste trabalho alguns transtornos gerados em decorrência da SAP, como: depressão, ansiedade, agressividade e doenças psicossomáticas. Na vida adulta também há inclinações envolvendo o uso de álcool, drogas e até suicídio ou repetição familiar devido ao complexo de culpa e cumplicidade. Neste sentido, a pesquisa traz importante contribuição apresentando o fenômeno da síndrome de alienação parental.
Publicado
2017-04-03
Como Citar
VICENTIN, Andrea Rol da Rocha; AMORIM, Gleimes Alexandre Evangelista; PORTELA, Carlos de Paula. A FAMÍLIA EM CISÃO E A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL. ANAIS DA SEMANA DE PSICOLOGIA / CONFERÊNCIA DE ESTUDOS PSICOLÓGICOS, [S.l.], v. 3, n. 3, abr. 2017. ISSN 2358-5455. Disponível em: <http://seer.funecsantafe.edu.br/index.php?journal=ASP&page=article&op=view&path%5B%5D=2358>. Acesso em: 23 set. 2017.