ANÁLISE DA COBERTURA VACINAL CONTRA INFLUENZA NOS ÚLTIMOS 05 ANOS DO MUNICÍPIO DE SANTA FÉ DO SUL/SP

  • Larissa Regina Teixeira MEIRA
  • Brenda Inaê Gonçalves MARQUES
  • Gabriela Busaranho PEREIRA
  • Maria AntoniaZulin BARBOSA
  • Thaynara Nascimento FRANCISCO
  • Andréia MuraPeres FARINA

Resumo

Introdução: A gripe A (Gripe Suína) é uma infecção viral aguda com alta taxa de transmissão, que afeta principalmente o nariz, garganta, brônquios e os pulmões. Em 08/03/2010 surgiu a vacina trivalente contra a gripe, contendo três variáveis virais entre elas a Influenza A (H1N1).Objetivo: Analisar as coberturas das campanhas de vacinação contra a influenza em idosos na cidade de Santa Fé do Sul no período de 2012 a 2016. Metodologia:Trata-se de um estudo epidemiológico transversal. A população do estudo foi composta de pessoas acima de 60 anos, notificados pela Vigilância Epidemiológica do Município de Santa Fé. O banco de dados foi coletado no SI-PNI – Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. A análise da cobertura foi feita por cálculo de frequência.Resultado e Discussão: A análise da cobertura vacinal nos revela que foram vacinados 84,86% dos idosos de Santa Fé do Sul em 2012, 111,46% em 2013,77,15% em 2014, 77,5% em 2015 e 99,2% em 2016. Considerações Finais: A vacinação anual contra influenza é a principal medida utilizada para se prevenir a doença. Conclui-se que as capanhas tem surtido efeito possitivo, pois houve anos em que a cobertura vacinal ultrapassou 95%, como aconteceu em 2013 e 2016. Sugere-se que estudos sejam realizados para identificar a relação do aumento na adesão da campanha vacinal com os surtos ocorridos no país.
Publicado
2017-10-05